Qual POSTURA eu escolho?

0
403

Ao contrário do que muitos acreditam, a postura não é estática, ela é dinâmica e pode ser alterada de diversas maneiras! Segundo o dicionário: é a posição que as partes do corpo ocupam no espaço ou atitude, traços fisionômicos.
Desta maneira, temos uma postura que é construída ao longo dos anos, que depende de fatores externos como atividades que praticamos (exercícios), e no meio ambiente interno –  como olhamos para o mundo (tímidos ou extrovertidos). Repercutindo em mudanças físicas estruturadas, por exemplo, um nadador provavelmente apresentará o tórax mais amplo e expandido, um adolescente introspectivo pode ter os ombros fechados e curvados para frente.
Todas as nossas experiências de vida são gravadas no corpo, mais precisamente na membrana celular, segundo Bruce Lipton. Sejam momentos de queda, tombos, seja a vitória, a superação, a força.
Para quê olhamos para o corpo?
A expressão corporal nos convida a um autoconhecimento, observar-se para poder transformar-se e caminhar na vida de maneira mais leve!
Assim, é possível soltar as amarras do corpo com ajuda de um facilitador em técnicas como Osteopatia, RPG, Experiência Somática, entre outras.
Vamos praticar? Experimente escrever um papel: CANSADO/DESANIMADO, e em outro papel: GRATO/FELIZ; Vire do lado contrário de maneira que não possa ver o que está escrito colocando-os no chão. Convido a brincar de sentir sua postura, subindo sobre um papel e sobre o outro e observando as mudanças do corpo, sem pensar, só observando. O que você percebe?
Muitas vezes a manifestação corporal depende de uma postura interna que pode refletir em crescimento, alinhamento, abertura do peitoral, abaixar dos ombros, melhora na respiração! Ou pode expressar diminuição do tônus, coluna torta… ou tensão nas mandíbulas, ombros altos e duros… Qual postura você decide assumir?
Ainda pode ser que seja necessário limpar algumas memórias e mostrar ao corpo que pode ser diferente. Pode ser que leve um tempo, que apareçam momentos de baixa e alta. Aqui o que importa é a decisão e a persistência!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here