Fuja do marketing na higiene oral diária

0
159
escova

Basta uma passada rápida pela fileira da “higiene oral” nas farmácias para que qualquer um se sinta perdido e desorientado frente a tantas opções de produtos.

Diferentes cores, formatos, recursos mágicos, embalagens ou princípios ativos milagrosos.

Se tudo fosse igualmente eficiente e realmente comprovado, tudo bem. Mas não é.

Uma das escovas que eu mais indicava foi responsável por me surpreender negativamente nas últimas semanas. O mesmo modelo, com o mesmo nome de antes, agora apresenta uma característica nova e “revolucionária”: a escova vem com as cerdas impregnadas de carvão ativado. Sim, carvão. Um produto que ganhou mais adeptos por vários motivos, entre eles o fato de ser “natural”.

Cuidado na hora de se encantar com novidades e sair comprando porque achou legal ou bonito. Carvão ativado nas escovas e pastas causam abrasão excessiva nos dentes, desgastando a superfície dentária. Não existe, até o momento, comprovação científica de qualquer benefício do uso do carvão ativado na escovação.

A mesma coisa serve para escova com formatos mirabolantes e cerdas nos mais curiosos formatos. Fique no simples: cerdas planas e macias, escova com baixo potencial abrasivo, sem carvão nem substâncias ditas clareadoras. E um bom fio dental.

Até a próxima!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here