/Oh well! Whatever… Nevermind//

0
383

Há 30 anos um dos melhores álbuns dos anos 90 nascia, como um novo modelo comportamental. Nevermind veio a público em 24 de setembro, com uma mensagem forte, com várias observações de um adolescente querendo entender o mundo a sua volta, da sua maneira, tendo como referência, todos aqueles elementos que enxergava com a falta de maturidade.

A adolescência não é uma fase bonita. Smells like teen spirit, a primeira faixa, reúne todas as questões desta fase: a raiva, a ansiedade, a vontade de ser alguém ativo. Nevermind é um dos raros álbuns, em que a primeira faixa passa a ser o marco de uma banda! Só me lembro de Face Value o primeiro álbum Phil Collins, acontecer de a primeira faixa In the Air Tonight, se tornar o mega hit da carreira de uma banda.

Não é fácil de acontecer. Mas também não é impossível.

O Nirvana foi uma das raras bandas que influenciou multidões em tão pouco tempo.

Este álbum foi composto por provocações e inovações musicais, muito influenciado pelo punk! Simbolizou todo um comportamento de uma geração, que se conectou com um personagem errado como foi Kurt Cobain, mas que apesar de suas escolhas mal feitas, é carismático!

“Que adolescente pirralho não quer extravasar com uma música que o faça balançar? Que provoque nele emoções politicamente incorretas extremas, vindas do amor, da descoberta sexual, e da curtição da fase pré adultoscente?”

“Nevermind me mostrou que a musica, poderia ser um possível lugar para drenar meus sentimentos.”

Não precisa xingar os outros: cante ‘’In Bloom’’. Não chore, cante ‘’Polly’’.

Se precisar demonstrar sua melancolia, sente em seu banco, pegue seu par de baquetas Vic Firth 7A e toque e cante com Kurt ‘’Come as you are’’!

E eu te juro que não tenho uma arma. Enfim, o que quer que seja… esqueça!

Fico pensando o que será que pensam os adolescentes roqueiros de hoje ao escutarem pela primeira vez o Nirvana que está em |Nevermind. O que será que eles vibram ao ouvirem?

Apesar de grunge, Nevermind é um álbum pop, foi concebido como um álbum pop, que até hoje conversa e contagia as emoções.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here