PRINCIPAIS TIPOS DE TIJOLOS

0
267

É impossível falar sobre arquitetura e construção civil sem citar os tipos de tijolos, não é mesmo? Eles podem ser classificados de acordo com o seu material e função, e a escolha do material certo é determinante para a segurança e conforto dos moradores. A escolha do tijolo certo influencia não só a segurança da edificação, mas também o estilo do projeto como um todo. Nesse post eu falo sobre os 6 tipos de tijolos mais usados no mercado e suas principais indicações.

MACIÇO

É um tipo de bloco sem espaços (furos) no meio da peça, tem sua forma retangular e tradicional totalmente preenchida. Esse tipo de tijolo também é chamado de tijolo aparente ou tijolo à vista.
Algumas vantagens desse tipo de tijolo são: o efeito durável do revestimento; baixo custo de obra; variedade de tipos de acabamento; maior conforto térmico para o ambiente; isolamento acústico. Mas há também desvantagens: em áreas externas ele precisa de mais manutenção; é preciso impermeabilizar o acabamento para evitar a umidade e fungos; e o material tem um desgaste natural que precisa ser reparado. Vale lembrar que para churrasqueiras e forno a lenha, geralmente é utilizado o tijolo refratário, já que ele é resistente às altas temperaturas, produtos químicos e ao impacto.

CERÂMICO

Feito basicamente a partir da queima da argila e pode ter uma cor clara (quando cozido) ou mais escura (em casos de recozimento). Existem vários tipos, que variam de acordo com as medidas e tamanho dos furos. A maioria dos tipos de tijolos cerâmicos são de vedação. Ou seja: eles oferecem apenas privacidade entre um ambiente e outro, mas não dão a sustentação. Este tipo de tijolo absorve menos água e é fácil de ser transportado na obra. Entre as desvantagens está a fragilidade de alguns tipos, a falta de padronização entre as peças e o pouco isolamento acústico.
O tijolo baiano é um tipo de tijolo cerâmico, sendo um dos mais utilizados na construção civil brasileira.

DE CONCRETO

São fabricados a partir de uma mistura de cimento, areia, agregado, aditivos e água. Eles são mais resistentes que os tijolos cerâmicos, e por isso são usados em obras de maior porte, como prédios com vários andares. Entre esses tipos de tijolos também existem os blocos estruturais, que não exigem o uso de vigas ou pilares. Nesses casos, não é possível derrubar paredes sem afetar a estrutura da edificação.
Entre as vantagens do concreto em relação à cerâmica está a alta resistência, o menor desperdício do material, a padronização das peças e o melhor isolamento acústico. Porém, eles absorvem mais umidade, o que exige uma impermeabilização maior. Além disso, seu isolamento térmico é inferior ao bloco de cerâmica.

DE CONCRETO CELULAR

Ele tem a aparência de uma espuma endurecida e é caracterizado pela sua leveza. Pode ser usado tanto em ambientes internos ou externos. Ele é indicado para espaços pequenos em que não se pode sobrecarregar a estrutura. O concreto celular não se encaixa nos tipos de tijolos à vista, ou seja, é necessário fazer um revestimento na parede. Como desvantagem, o concreto celular absorve muita água e não oferece bom isolamento acústico.

ECOLÓGICO

Os tipos de tijolos cerâmico e de concreto geralmente geram muitos resíduos durante a obra. Como alternativa sustentável, existe o tijolo ecológico. Ele é produzido a partir de uma mistura de solo, cimento e água prensada manualmente ou mecanicamente. Ele é muito utilizado em casas sustentáveis ou projetos de bioconstrução. Por se encaixável, ele exige pouca argamassa e pode ficar aparente. Outra vantagem é o excelente isolamento térmico e acústico. Uma das desvantagens é que, devido as especificidades do material, ele exige uma mão de obra especializada. Além disso, não é indicado para regiões mais úmidas, como o sul do país.

ADOBE

Ele é feito de terra crua, água, palha e fibras naturais, que são moldados manualmente e cozidos ao sol. Esse material está presente em diversas casas antigas construídas durante o Brasil colonial. É possível encontrá-lo em casarões de cidades históricas como Outro Preto, em Minas, e Pirenópolis, em Goiás. Assim como o tijolo ecológico, ele é indicado para casas sustentáveis e apresenta as mesmas características favoráveis e desfavoráveis.

DE VIDRO

Entre os tipos de tijolos decorativos mais usados também estão os tijolos de vidro. Além de deixar o ambiente elegante, eles contribuem com a iluminação zenital.
A peça costuma ser utilizada em uma única parede, servindo como um detalhe especial na decoração. Outra vantagem dos tijolos de vidro é seu ótimo isolamento térmico e acústico.

DECORATIVOS

Fonte: Viva Decora e Telha Norte.

 

Saiba mais sobre o meu trabalho acessando minhas redes sociais:
https://www.instagram.com/pennaarq/
http://facebook.com/pennaarq
https://www.youtube.com/PennaArquiteturaeUrbanismo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here