Como escolher uma barra de proteína

0
66

Com as inúmeras opções de mercado, cada dia é mais complicado escolher uma barra de proteína boa. Hoje tentarei ajudar a fazer uma escolha melhor dentre as variedades existentes no mercado.

O primeiro item que deve ser observado é a quantidade de proteína em relação à quantidade de carboidrato, ou seja, a barrinha deve ter mais proteína do que carboidrato, caso contrário não valerá a pena o consumo. Não se iludam com o que a embalagem diz (digo na parte da frente da embalagem), o ideal é ir direto para o valor nutricional da barrinha.

O próximo item é analisar o tipo de proteína que a barrinha contém. Muitas destas contém um blend proteico (uma mistura) e não apenas 1 tipo de proteína. A que apresenta melhor absorção são as oriundas do soro do leite (famoso whey protein), portanto, dê preferência a esta opção. É comum encontrar misturas principalmente com proteína de soja.

E o terceiro item a ser analisado é a lista de ingredientes. Muitas barrinhas acrescentam o açúcar ou xaropes como fontes de carboidratos, o que não é o ideal. Procure olhar também se a barrinha possui muito aroma artificial, corante artificial, conservante químico e aditivo. Uma dica prática é olhar o tamanho da lista de ingredientes. Caso ela for muito grande provavelmente a barrinha não é muito saudável. E lembrem-se, a lista de ingredientes está na ordem de quantidade, ou seja, o primeiro ingrediente é o de maior proporção no produto.

Com essas dicas muitas barrinhas já serão descartadas de imediato. E é importante dizer que este tipo de alimento pode ser muito útil para pessoas com pouco tempo para se alimentar, mas ela não é essencial para a maioria das pessoas, já que a alimentação natural deve ser prioridade.

Um abraço a todos e até o próximo mês!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here