Aprendendo sobre humildade – (continuação)

0
120

Faço os Passos com muita dificuldade, com muita dor, com muita reserva. Preciso exercitar bastante essas atitudes de humildade. Tenho um caráter difícil, mas vou vivendo o lema: DEVAGAR SE VAI AO LONGE.

O 10º Passo – “Continuamos fazendo o inventário pessoal e, quando estávamos errados nós o admitíamos prontamente”. Já neste Passo, eu me sinto mais familiarizada. Vejo, admito e tento reparar. Pedir desculpas, reparar erros, admitir engano, mostrar minhas imperfeições. E eu ainda reluto em ser imperfeita, apesar de saber que isso me liberta do perfeccionismo. Reparar erros e falhas é atitude de humildade.

O 11º Passo – “Procuramos, através da prece e da meditação, melhorar nosso contato consciente com Deus, na forma em que O concebíamos, rogando apenas o conhecimento de Sua vontade em relação a nós e forças para realizar essa vontade”. Neste passo eu já não sou mais FORÇA e CORAGEM. Eu peço FORÇA e CORAGEM. Sou pequena e reconheço a grandiosidade do Poder Superior. Reconheço porque hoje já O enxergo em minha vida. Meditação é silenciar para escutar a voz de Deus. É desacelerar meu ego para poder ter contato com Deus. Meu ego já não é mais tão importante. Nas minhas preces, hoje tem mais agradecimentos do que “pedidos”. Hoje sou satisfeita com a vida. Reclamo menos, lamento menos… Hoje sei que o exercício da humildade passa pelo contato consciente com Deus. A humildade vai surgindo na medida em que trabalho a minha espiritualidade, que é essa intimidade com Deus. Ter GRATIDÃO é atitude de humildade. Sou satisfeita com o que tenho conquistado. Obrigada Deus.

O 12º Passo – “Tendo experimentado um despertar espiritual graças a estes Passos, procuramos transmitir esta mensagem aos neuróticos e praticar estes princípios em todas as nossas atividades”. Todos os Passos para mim foram complicados para fazer, esse não foi diferente. Sou falha, sou impotente, sou imperfeita. Minha vida se tornou desgovernada quando eu estava no comando. Mas existe um Poder Superior que pode me retornar à sanidade. Hoje eu tenho qualidade de vida. Eu encontrei a saída, você também pode encontrar. Neste Passo eu experimento todos os 11 que o antecedem. Difícil levar a mensagem sem antes passar pelos 11 Passos. Olhar nos olhos do outro, me tornar vulnerável, confiar que posso me expor, correr o risco de ser ridicularizada e confiar que mesmo que isso aconteça, estou convencida de que FUNCIONA! Está funcionando na minha vida. O N/A me salvou de um modo de vida vazio, inútil e destrutivo. Sou grata, e hoje expresso minha gratidão, levando a mensagem, partilhando experiências, prestando serviço dentro da Irmandade. Dando de graça aquilo que recebi de graça. LEVAR A MENSAGEM DE N/A é atitude de humildade. Agradeço ao Poder Superior, Deus como eu O concebo, ao AA por nos doar essa programação de vida, a todos os companheiros que tiveram a coragem de se tornarem vulneráveis e assim me ajudar a me enxergar e a me recuperar.

24 horas de Paz e Serenidade.

Endereço das reuniões: Salão da Igreja Matriz, às segundas-feiras, às 19h30, terapia e às quartas-feiras, 20h, reunião de estudo.

Também temos reuniões online.

Mais informações: 
www.neuroticosanonimos.org.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here