/Azul, intenso azul//

0
498
/Azul, intenso azul//

Outonos me completam mais que verões, o domingo que passou, amanheceu cheiroso.

Porquê vesti cinza? Estou encafifado com isso até hoje…

O quintal convidava a todos para se chegarem, assistir as belezas do céu, grande, azul, pleno. Céu de outono, fresco. A grama convidava os pés a sua sensibilidade.

Imagem Freepik
Não havia orvalho no domingo.

Vontade de saborear a linguagem escrita. Zack Magiezi me intensifica:

de frente para o espelho
ela abotoa a sua loucura
calça atrevimento
se perfuma com vontades indomáveis
e vai amar

Não me contento a um Zack só. Quando o quindim está gostoso, quando a prosa dá liga e o momento é agradável, os especialistas recomendam que a rega seja itinerante. Nossa alma agradece.

quando digo:
vou te mudar
quero dizer:
quero ter uma muda sua
e plantar em mim

‘’Quando se escreve em linhas centrais, a intenção do que quero dizer, fica registrada.’’ Obrigado Marcelino Freire.

Imagem: Freepik

Pois bem, minhas intenções azuis:

Acalmar o espírito para o novo recomeço.
Fortalecer as essências.
Em pura sensibilidade, conseguir externar em lágrimas, minhas emoções.
Observar passarinhos afim de vivenciar o ar que transpassa por suas asas

Fazer lista das intenções das folhas
Buscar, no que já se é, o melhor de mim.

Por fim, é só adubar bem com esterco de qualidade e cativar.

O azul, intenso azul do céu, me dá vontade de plenitude. Com os dedos, se sensibilizar com o outro, do que floresce dentro. Não vou descrever o que floresce. Embora nossas copas pareçam iguais, todos temos outras seivas, viemos de lugares diferentes.

Hoje está tão bonito, que à noite brindarei a semana que iniciou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here