O café

0
596

O café, bebida tão cotidiana do brasileiro, mostra-se cada vez mais benéfica à saúde quando consumido de forma moderada e individualizada, incluindo a redução de mortalidade por diversas doenças.

O café pode ajudar a reduzir o risco do desenvolvimento da diabetes tipo 2, tanto o regular quanto o descafeinado, por possuir antioxidantes como o ácido clorogênico, o qual melhora a sensibilidade da insulina.

Outro benefício bem clássico do café é o estímulo energético que ele pode oferecer. A cafeína presente nele estimula o sistema nervoso central, o qual está associado a uma melhora no estado de alerta, na capacidade do aprendizado e resistência ao esforço físico (o que pode se tornar interessante o consumo antes dos treinos).
Em relação à insuficiência cardíaca, um estudo da universidade de Harvard demonstrou que quatro doses diárias de café podem diminuir em até 11% esta condição. Devido à composição desta bebida há uma diminuição dos radicais livres no organismo.

Também há o efeito termogênico do café, o qual acelera o organismo e a queima de gordura. A bebida pode aumentar os níveis de adrenalina no sangue, a qual pode ajudar a diluir as células de gordura e as libera para o sangue. É importante ressaltar que o café não vai ajudar no emagrecimento sozinho. Dependerá também do estilo de vida adotado pela pessoa.

A quantidade de café que deve ser ingerida diariamente é em torno de 200 ml. Pessoas com problemas no estômago e no coração, gestantes, e indivíduos com dificuldade para dormir, devem procurar um nutricionista para avaliar sua ingestão. O excesso de café pode provocar aquela dor de cabeça sem explicação e o aconselhável é ficar 7 dias sem consumir alimentos que contenham cafeína.

Existem várias outras propriedades benéficas do café em relação à saúde. O mais importante é um consumo moderado e evitar o uso de açúcar e adoçante na bebida. Um grande abraço e até o próximo mês!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here