Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação

0
127
Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação

Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação será neste sábado (17) das 8 às 17 horas

O Dia ‘D’ da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação acontece neste sábado (17), mas a campanha segue até o dia 30 de outubro. A imunização tem como público-alvo as crianças de 1 a 4 anos, que devem receber a dose extra da vacina oral contra a poliomielite (gotinha) e as crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade para a atualização da caderneta de vacinação.

A Vigilância Epidemiológica informa que neste sábado a vacinação acontecerá no Centro de Saúde e na Estratégia de Saúde da Família (ESF) do Vale do Redentor, das 8 às 17 horas.

A Campanha de Vacinação contra Paralisia Infantil é destinada para crianças de 1 ano a menores de 5 anos (até 4 anos, 11 meses e 29 dias). Todas as crianças nesta faixa etária deverão ser vacinadas, mesmo que estejam com a vacina em dia. A meta é vacinar 95% do público alvo.

Já a Campanha de Multivacinação para atualização da Caderneta de Vacinação da Criança e do Adolescente será para população não vacinada ou com vacinação incompleta de menores de 15 anos de idade (até 14 anos 11 meses e 29 dias), de acordo com o Calendário vacinal.

Também neste sábado, será resgatado o público adulto de 20 a 49 anos ainda não vacinado com a dose extra da vacina Tríplice Viral (sarampo, caxumba e rubéola), conforme as recomendações do Ministério da Saúde.

A 4ª etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, vem ocorrendo desde 03 de agosto e se estenderá até o próximo dia 30 de outubro.

A Campanha de Vacinação, têm como objetivo reduzir o risco de reintrodução do poliovírus no país, oportunizar o acesso às vacinas, atualizar a situação vacinal, aumentar as coberturas vacinais e homogeneidade, diminuir a incidência das doenças imunopreveníveis e contribuir para o controle, eliminação ou erradicação dessas doenças.

Já as outras unidades de saúde do município, seguirão atendendo durante a semana (segunda a sexta-feira) com esses atendimentos. Todas as Unidades de Saúde adotaram os protocolos sanitários tornando a vacinação mais segura.

Lembrando que em caso de sintomas respiratórios ou febre, as pessoas não devem buscar a vacinação, precisando respeitar o período de 14 dias de isolamento e, após isso, estarem há pelo menos três dias sem sintomas para se vacinarem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here