O olhar do outro é só o olhar do outro!

0
425

Desde pequenos convivemos com pessoas que pensam algo de nós e acabam colocando expectativas sobre nós. Essas expectativas acontecem em qualquer relação, seja entre pais e filhos, amigos, professores e casais. Passamos a vida tendo que lidar com isso, seja frustrando o outro, seja nos confrontando com o outro. Nem sempre isso é fácil…

Quando éramos pequenos tínhamos que seguir algumas regras da vida até mesmo para a gente se proteger e crescermos com segurança. Na adolescência ocorre uma avaliação dessas regras, é como se nos rebelássemos contra as regras para conseguirmos nos identificar com algo e sermos alguém e depois dessa luta interna chegamos na fase adulta.

Durante todo esse processo de amadurecimento convivemos com pais, professores, amigos que nos possibilitaram expressar o que sentíamos ou pensávamos, porém também tivemos algumas experiências que foram marcadas por muita rigidez, que infelizmente ajudou a bloquear a nossa espontaneidade.

Todos nós que somos importantes para alguém, devemos pensar como ouvimos quem amamos, como valorizamos as ideias deles?  Venho me deparando com pessoas que durante suas vidas foram muito reprimidas diante da expressão de uma ideia criativa. Você se lembra de alguma vez ter ouvido que seu desenho estava errado ao fazer um desenho livre? Ou por que   o sol não é da cor que você pintou?

Quando vivemos em um corpo achando que precisamos viver sobre a aprovação do outro, ficamos dependentes e não conseguimos sentir segurança para desenvolver-nos e aí nossas emoções adoecem, vivenciamos sentimentos de raiva, medo, porque achamos que nossa felicidade está ligada ao elogio e a satisfação do outro e quando o outro não concorda com nossos comportamentos, somos invadidos por um sentimento de culpa que até nos faz ver a nossa espontaneidade como um grande erro.

Convido a todos a refletir as suas experiências, tudo o que um dia aprendemos ou vivemos pode ser questionado, agradar o outro nem sempre vai ser possível, mas quando eu me permito seguir minhas escolhas com fé eu encontro a minha Paz!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here