São José do Rio Pardo, quinta-feira, 22 de junho de 2017
O neurótico constrói um castelo no ar. O psicótico mora nele. O psiquiatra cobra o aluguel. (Jerome Lawrence)

Religião

São José do Rio Pardo, SP - sexta-feira, 31 de março de 2017

Reflexão de Boa Vontade — Por Paiva Netto*

O que interessa

 

Em reconhecimento à Declaração de Paris, assinada em 12 de novembro de 1995, as Nações Unidas instituíram o 16 de novembro como o Dia Internacional da Tolerância. A data foi escolhida em tributo à assinatura da constituição da Unesco, no ano de 1945. Nossahomenagem também ao Dia Nacional da Consciência Negra, 20 de novembro, em memória do valente Zumbi dos Palmares (1655-1695).

O Ecumenismo étnico é igualmente fator primordial para afastarmos a intolerância do convívio planetário.  

 

CAMPO NEUTRO

Quando o jornalista, radialista e poeta Alziro Zarur (1914-1979) esboçou em sua mente a criação da LBV, isto em 1926, idealizou-a como um campo neutro, um ambiente ecumênico em que todos pudessem, irmanados, conviver em paz. Numa palestra que proferi na década de 1990, utilizei-me de um interlocutor fictício para reforçar na mente dos que me prestigiavam com sua atenção o valor do respeito e da tolerância no bem conduzir da sociedade no cotidiano:

 

Qual a sua religião? O que isso interessa?

Qual o seu partido político? O que isso interessa?

Ah, você é negro! O que isso interessa?

Você é mestiço! O que isso interessa?

Você é branco! O que isso interessa?

Você é ser humano! É isso que interessa!

 

Somos seres humanos, com direito à liberdade de pensamento. Se aqueles que pensam assim como nós não fortalecerem os seus laços, dias piores virão virá para a Humanidade. Quem tem segurança hoje? Retomo aqui importante conclusão do velho Zarur, muito propícia para o momento em que vivemos:“Não há segurança fora de Deus”.

 

* José de Paiva Netto ― Jornalista, radialista e escritor.
paivanetto@lbv.org.brwww.boavontade.com

Anunciantes

Parceiros

Versão PDF

O JornalZinho

Login-in