Beatlemania

0
330

Uma das bandas mais icônicas de uma geração, e das gerações seguintes, com certeza foi o quarteto de Liverpool.

John, George, Paul e Ringo foram a primeira banda a viralizar, com milhares de fãs, discos com capas diferentes, sonoridade inovadoras, e com temas que comunicavam com os ouvintes.

Os Beatles eram instrumentalmente medíocres, é sabido que quem tinha melhor domínio do instrumento era George Harrison. Mas tudo bem, como banda eles se completavam.
Todos que se julgam beatlemaniacos tem seus álbuns favoritos, que hoje soam como pequenas sinfonias de um todo. Praticamente todas as músicas da banda são extremamente pop. Ou foram, deveras…

Para falar dos meus álbuns preferidos é fácil. Pela ordem das músicas e sua harmonia que criam entre si, pela produção musical e letrística da ordem das músicas, e por motivos de inovação, que afinal, é por isso que os caras são quem são: revolucionaram a música pop como nenhuma outra banda. Foi por sorte da fama? Talvez sim… Talvez não…
Meu Beatles record preferido é Revolver, de 1966, a primeira produção que desconstruiu a imagem que a banda tinha até então, para um novo conceito.

E foi inovador. Ele é um tiro de novidade, por isso o nome do álbum, que segundo a banda, queriam que a coletânea simbolizasse tanto como um álbum critico, quanto um novo caminho a ser seguido dali para frente.

Ao ouvir minuciosamente hoje, pode-se realmente perceber que a banda queria sair de auto definições.

Faixas favoritas: ‘’Taxman’’, ‘’Eleonor Rigby’’ e ‘’Tomorrow Never Knows’’.
Meu segundo favorito é ‘’Abbey Road’’ de 1969, tanto por causa da capa pop, quanto por ter ‘’Come Together’’ abrindo o álbum. É uma composição muito diferente de tudo feito até hoje no pop-rock.

Tem também as faixas ‘’Octopus’s Garden’’ e ‘’Because’’ faixas que já evidenciam a psicodelia que a banda teria dali para frente, nos próximos álbuns.
Psicodelia esta, que levou as raízes de formação do rock progressivo.

Para finalizar, outra que amo: ‘’I am the Walrus’’ de 1967.
Aliás, a morsa descrita na letra por John, é referente a personagem de Alice no País das Maravilhas sabe…

Enquanto Lucy flana em um céu de diamantes pela noite afora, vou ali observar um singular cogumelo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here