As comemorações do mês de Agosto

0
279

Quando se fala em mês de agosto, de imediato o pensamento da grande maioria dos rio-pardenses já se remete à tradicional Semana Euclidiana (9 a 15), que neste ano chega a sua 82ª edição.

No entanto, devido à pandemia do novo coronavírus, toda a programação da festa euclidiana está sendo adaptada e deverá acontecer quase que 100% online. As atividades, como os ciclos de estudos, exibição de documentários, palestras, entre outros, pela primeira vez na história acontecerão apenas virtualmente – novos tempos.

De acordo com a direção da Casa Euclidiana, o tema da SE deste ano será “São José do Rio Pardo – Pontes de Travessias Culturais” e trabalhará as raízes culturais do município e a valorização dos artistas locais. Mas, independente do seu formato, uma coisa é certa, a Semana Euclidiana irá acontecer.

Agosto também é o mês em que a vizinha cidade de Itobi irá comemorar, no próximo dia 27, os seus 122 anos de emancipação política. Parabéns Itobi.

Gostaríamos de aproveitar para agradecer a todas as pessoas que nos parabenizaram pelo aniversário d’O JornalZinho, comemorados no mês passado.

São 30 anos de trabalho, dedicação e comprometimento deste periódico com a informação e o entretenimento. É importante ressaltar que nessas três décadas, O JornalZinho fez e ainda faz parte da vida de muitas pessoas. As “Gatinhas” que ocuparam as primeiras capas, adolescentes na época, muitas delas hoje estão casadas e são mães. E o Jornalzinho que existia apenas na versão impressa cresceu, ganhou o mundo por meio das redes sócias com Facebook, Instagram e com seu site interativo.

E, por fim, gostaríamos de deixar os nossos cumprimentos e homenagens a todos os pais pelo seu dia – que este ano será comemorado no próximo dia 09.

E lembrar que este ano, o Dia dos Pais ganha novos significados em tempo de coronavírus. Em muitas famílias, essa será a primeira vez em que a ocasião é experimentada à distância. Fundamental é perceber que o afastamento social não é o mesmo que isolamento emocional. Sentimentos como o respeito, a admiração, o carinho e o amor incondicional parecem potencializados quando não se está por perto – se tornam ainda mais importantes, urgentes. Quando o beijo e o abraço apertado não podem fazer parte do presente, pais e filhos reinventam as formas para estar juntos, ainda que separados.
Bom agosto, até a próxima!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here