/A internet deu voz a todos. Inclusive aos idiotas //

0
124

‘’A grande vaia é mil vezes mais forte, mais poderosa, mais nobre do que a grande apoteose. Os admiradores corrompem.’’
Nelson Rodrigues

 

Hoje em dia não se preza mais pela verdade, cordialidade, e principalmente a interpretação do que se lê, ouve e fala.

A atual polêmica envolvendo JK Rowling com o espinhento tema homofobia é um exemplo de como a sociedade anda cada vez mais egoísta e com desejos exagerados de serem donos da pior verdade existente: a sua própria.

As redes sociais democratizaram as vozes de fora do círculo intelectual, e a opinião se tornou o principal posicionamento.

Não é mais uma questão de intelecto, se a opinião condiz ou não com a situação, a Verdade foi posta em xeque, e agora é regida por uma comissão.

A minha surpresa matutina com a notícia da autora ter sido contra a homofobia me provocou um constrangimento pela forma como os fãs reagiram. Como se fossem todos androides auto programáveis a crer em tudo o que leem sem questionar o que estão consumindo. Como se a mídia vigente falasse a verdade e somente a verdade, sem nenhum interesse monetário, publicitário etc…

Se discordo da posição da autora gostar ou não de transexuais é algo pífio. Não consigo concatenar isso ser razão suficiente para menosprezar de imediato, por uma declaração, seja ela verossímil ou não, todo seu trabalho que nos tornou pessoas melhores.

Interessante a reflexão de que, toda esta galera que foi contra ela, não saberia opinar sem o trabalho dela, que pressupõe ser o de trazer em nossa direção, a cultura do pensamento crítico que o habito de leitura desperta, de saber tirar conclusões de fatos e situações, de diversos pontos de vistas, e não focar, pura e simplesmente, na causa do fato e tomar atitudes reacionárias estupidas para cima de uma opinião, que nem é a sua.

Quem se quer proteger? A transexualidade é uma escolha da pessoa, e não uma causa social que trará impactos para as gerações futuras. Se tudo isso foi um protecionismo diante de alguém que não tenha possibilidade de se proteger, saibam que somos todos seres-humanos acima de tudo, ninguém está fora de nada, e não é por escolha de identidade de gênero, mas sim por se tratar da própria espécie, a Humana, que inclusive, também começa com H e está por aqui há mais tempo que Cristo.

Ufa! Era isso galera. Por hoje é só pessoal! Bom dia, boa tarde e boa sorte na quarentena.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here