Exercício em jejum: melhor para emagrecer?

0
499

A procura por exercício em jejum, com foco em emagrecimento, aumentou muito nos últimos anos, mas será que realmente é melhor para perda de gordura?

Realmente, é verdade que a prática faz com que o corpo utilize as reservas de gordura para gerar energia, uma vez que, durante o jejum, as reservas de glicose foram esgotadas. Mas estudos recentes têm demonstrado que não há diferença em treinar alimentado ou em jejum quando o foco é a perda de gordura. Isso porque a perda de peso depende de tudo que você come ao longo do dia, da semana, do mês, do ano e não só antes do exercício.

Em alguns casos o treino em jejum pode causar tontura, fraqueza, queda de pressão e até desmaios. Dependendo da intensidade do exercício pode ocorrer uma perda maior de massa muscular em relação à pessoa que se alimenta antes do treino. E muitas das pessoas que deixam de comer podem sentir uma falta de rendimento, o que ocasionará um menor gasto energético e, assim, prejudicar o emagrecimento.

Por outro lado, existem pessoas que se sentem mal ao treinar alimentado. Não há problema em relação a isso desde que a pessoa esteja bem adaptada e consiga fazer exercício “bem feito”.

Quem fizer exercício logo cedo e preferir se alimentar, pode seguir essas dicas para comer antes do exercício. Caso possua pouco tempo, prefira alimentos de fácil digestão como suco ou frutas com pouca fibra, ou torrada com geleia de frutas. Em situações em que há um tempo de uma hora antes do exercício, vale a pena investir em tubérculos como batata doce, mandioca ou alguma fruta com aveia ou amaranto.

Não existe uma receita de bolo. O mais importante é a individualidade de cada pessoa. Existem vários métodos diferentes, e o qual é melhor dependerá da adaptação e preferência de cada um.
Um abraço e até próximo mês!!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here