Logosofia: uma nova geração de conhecimentos

0
250

Entre as particularidades que distinguem a concepção logosófica, cujo fundo e lógica se baseiam em sua profunda verdade demonstrável, a originalidade é, sem dúvida alguma, uma das que mais comoção produz no sentir humano. Cumpre destacar aqui o poder convincente dessa verdade, que consiste em que, sendo tão simples, ninguém até hoje a havia descoberto. Entretanto, onde mais força nossa afirmação adquire é ao se experimentar a sensação de amplitude que seus conhecimentos oferecem à vida, ao que se une a impressão de retidão e solidez de seus valores éticos.

Todo ser racional e consciente, que toma contato com nossa concepção, sente que ela toca e comove sua própria realidade interna, e que não só satisfaz plenamente, com suas explicações, os fatos incompreendidos da vida, mas também responde, com segurança, às indagações pendentes, apresentando à inteligência outras mais profundas, que em seguida ajuda a transformar em conhecimentos.

Se ainda tiver ficado alguma dúvida a respeito de tais asseverações, para eliminá-la bastará o só enunciado das concepções logosóficas sobre o sistema mental, sobre a gênese, atividade e autonomia dos pensamentos, e sobre o processo de evolução consciente, ao que ainda faltaria acrescentar os conhecimentos que dão verdadeira e elevada hierarquia ao espírito e abrem para o homem as portas de sua redenção moral, proporcionando-lhe as mais justas e viáveis possibilidades de reabilitação, ao permitir-lhe refazer sua vida sobre bases graníticas e enriquecê-la com fecundas realizações internas de superação individual.

A Logosofia traz uma mensagem que se plasma numa nova geração de conhecimentos

os quais, por sua índole e finalidade, diferem completamente das verdades admitidas. Não tem, pois, semelhança nem parentesco de nenhuma natureza com os sistemas ou teorias conhecidos, filosóficos ou psicológicos.

Seu objetivo principal é fazer o homem experimentar a certeza de um mundo superior: o metafísico, em cujos vastos e maravilhosos campos naturais pode encontrar inesgotáveis motivos de regozijo, enquanto nele penetra e enriquece sua cons­ciência com a abundância dos novos e valiosíssimos elementos que encontra, em seus continuados esforços pela superação integral de si mesmo e pela conquista do bem. Essa realidade, que a Logosofia faz o homem viver, é o resultado de um processo de evolução que deve ser realizado com o imprescindível e insubstituível concurso da consciência individual, despertada para esse primordial fim.

A Logosofia tem diante de si uma imensa tarefa a cumprir, ao encarar a mente humana qual ela aparece em sua particular concepção. Seu trabalho, a ser realizado nas mentes desde o momento que tomam contato com o ensinamento, requer grande consagração e consciência, surgindo daí, com frequência, surpresas muito agradáveis.
Extraído do Livro Mecanismo da Vida Consciente, pág. 24 e 25


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here