Qual o melhor tipo de escova dental?

0
236

Basta andar pela ala de higiene oral do supermercado ou da farmácia para se deparar com uma infinidade de marcas, desenhos e cores de escovas diferentes, que prometem acabar com toda a placa bacteriana. Cuidado para não ser enganado (a).

Escovas que possuem desenhos mirabolantes, cerdas laterais emborrachadas, cerdas cruzadas e cabo antiderrapante não servem para nada além de custar mais caro. A regra geral para as escovas dentais é que elas possuam cerdas planas e macias, de ponta arredondada, e a cabeça pequena.

No entanto, nos últimos anos as escovas com cerdas coloridas e ultramacias tomaram as prateleiras e são muito vendidas (Curaprox ou OralB ProGengiva, por exemplo). Essas escovas são excelentes em não agredir a gengiva, mas há indícios de que elas não sejam tão eficazes na remoção da placa aderida aos dentes. Caso você utilize esse tipo de escova, troque a cada dois meses, no máximo, e preste bastante atenção na técnica de escovação e no fio dental.

Minha recomendação é que essas escovas excessivamente macias sejam usadas como complemento principalmente perto da gengiva e em áreas de raiz exposta. Para as superfícies dentárias em geral, sugiro escovas com cerdas “tradicionais”, macias ou ultramacias ( OralB SensiSoft, Colgate SlimSoft), com o cuidado para não fazer força excessiva. Usar as duas, uma para cada indicação, é o que considero ideal.

Para usuários de aparelhos ortodônticos ou portadores de próteses, existem escovas específicas. Agende uma consulta com seu (sua) Cirurgião (ã) – Dentista para saber qual a melhor escova para seu caso.
Um Feliz Natal e um excelente 2020 a todos. Até a próxima!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here