Bate Bola – Janeiro 2020

0
275

Na última semana do mês, quando redijo esta coluna, me pergunto: o que escrever? Pelo pequeno espaço, confesso que lá em 2009, quando estreei aqui no “O Jornalzinho”, não seria duradoura minha presença mensal. Afinal, cronista esportivo (ou mero palpiteiro!) tem que se levar pela razão diante de leitores que, na maioria, agem com o coração.

Em todas as edições de janeiro lembro que São José do Rio Pardo ainda não possui um estádio de futebol concluído. Apenas “reformado”, o sonhado palco no Jardim Aeroporto foi iniciado na década de 1980 e segue utilizado para caminhadas e práticas de atletismo. Em alguns domingos há jogos varzeanos (amistosos), mas longe de grandes partidas e competições.

De 3 a 11 de janeiro, o C.A.Juventus, conhecido por “Moleque Travesso”, da Grande SP, programou sua pré-temporada para São José do Rio Pardo, visando o Paulistão da Série A-2 (segunda divisão), que começará em 22 de janeiro de 2020.

Esta provável inédita recepção de um clube profissional, permanecendo dias na cidade, foi viabilizada pelo rio-pardense José Vitor Faustino Júnior (Fumaça), ex-goleiro e há 3 anos dirigente do clube da Mooca, na famosa Rua Javari. Treinamentos ocorrerão no Grêmio Nestlé, AAR e Vasco, neste último com amistoso em 11 de janeiro contra o Batatais, dirigido pelo treinador rio-pardense Edson Boaro, que se prepara para o Paulistão da A-3.

Campeão carioca, brasileiro e da Libertadores, o Flamengo caiu de pé contra o Liverpool na final do Mundial. O rubro-negro perdeu na armação tática. Ficou provado que o futebol europeu ainda é o melhor do mundo.

O ano de 2020 terá um Corinthians com o jovem treinador Tiago Nunes, buscando reestruturação. Frustrados em 2019, os palmeirenses sonham que Luxemburgo volte a ser aquele técnico dos tempos da Parmalat. Os tricolores só querem mesmo um título de peso para sair do jejum. Ah, o meu Santos: depois de perder Sampaoli, que trouxe alegria ao jeito do time jogar, enviei um “bilhetinho ao Papai Noel” para surgir outro Neymar, Robinho, pois outro Pelé será impossível!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here