Divinolândia é destaque no 18º Concurso Melhores Cafés de São Paulo

0
265

 

A cidade de Divinolândia é o grande destaque do concurso de qualidade de café do Estado de São Paulo, com 5 colocados entre os onze classificados

A comissão organizadora do 18º Concurso Estadual de Qualidade do Café de São Paulo – Prêmio Aldir Alves Teixeira – divulgou nesta quarta-feira a relação dos lotes finalistas, cujas notas são compostas pela pontuação obtida na avaliação técnica (80%) e no quesito sustentabilidade (20%).  São ao todo 11 finalistas, sendo quatro na categoria Café Natural, quatro na categoria Cereja Descascado, dois na categoria Microlote (de apenas duas sacas, não importando a forma de preparo) e um Nano lote.

Houve um empate nos campeões, com a nota de 8,68 pontos, da produtora Mariana Martins de Souza, e do produtor Donizete Aparecido Ciuriglietti, ambos na categoria microlotes e ambos de Divinolândia. A cidade é um exemplo de superação que caracteriza muitas regiões produtoras de café, que superaram suas limitações, ampliaram os conhecimentos sobre a lavoura, as boas praticas de colheita e pós colheita, bem como, adotaram procedimentos que asseguram a qualidade e a sustentabilidade da produção.

Na edição deste ano, foram inscritos por cooperativas e associações de produtores 59 lotes, sendo 24 na categoria Natural; 14 em Cereja Descascado, 14 na categoria Microlote e 07 como  Nano lotes. Amostras de todos os lotes foram avaliadas por um Júri Técnico no dia 28, na Sala de Classificação e Degustação da Associação Comercial de Santos.

Os classificadores e especialistas que integram o júri foram indicados por instituições apoiadoras do concurso. São eles: Aloísio Aparecido Lusvaldi Barca (Museu do Café – Santos), Clóvis Venâncio de Jesus (ABIC), Aline de Oliveira Garcia (ITAL), Nilton Ribeiro (ACS) e Reinaldo Anauate Neto (Sindicafe-SP), Renan Marques (B3 S/A – BM&F), Cristina Saraiva Deolindo (Cecafe), Jandir Castro Filho (CNC) e Gerson Giomo (IAC). A coordenação dos trabalhos é de Eduardo Carvalhaes Jr presidente da Câmara Setorial do Café de São Paulo, da Secretaria da Agricultura do Estado, promotora deste evento que une produtores, indústrias, cafeterias, varejo e consumidores.

Leilão e premiação

Os 11 lotes finalistas poderão ser adquiridos por cafeterias, torrefações e pessoas jurídicas durante o leilão que começa dia 04 e termina dia 08 de novembro. A ficha de participação está disponível no site www.sindicafesp.com.br e deverá ser preenchida e enviada, juntamente com o lance, para o e-mail camarasetorial@sindicafesp.com.br. O preço de abertura será de R$ 1.064,00 a saca (Hum mil e sessenta e quatro reais), valor 120% acima da cotação da BM&F de segunda-feira (31/10/2019).

O resultado do leilão será divulgado dia 19 de novembro, em cerimônia a ser realizada no Museu do Café, em Santos, quando será feita a premiação dos produtores e das empresas campeãs (as que deram os maiores lances no leilão). Esses cafés serão industrializados e a partir de dezembro estarão disponíveis aos consumidores, em embalagens com selos numerados, que poderão adquiri-los em lojas gourmet ou via e-commerce.

O concurso é uma promoção da Câmara Setorial de Café de São Paulo e da CODEAGRO – Coordenadoria de Agronegócios da Secretaria da Agricultura do Estado, e conta com a parceria do Sindicato das Indústrias de Café de São Paulo, da ABIC – Associação Brasileira da Indústria de Café, da ACS – Associação Comercial de Santos e do Museu do Café.

18º Concurso Estadual de Qualidade do Café de São Paulo – Premio Aldir Alves Teixeira

Entidade Categ Coloc Produtor Cidade Nota final
Ass.Agrop. Barra Grande De Caconde ML

1

Mariana Martins de Souza Divinolândia

8,68

Ass.dos Cafeic.Montanha de Divinolândia ML

1

Donizete Aparecido Auriglietti Divinolândia

8,68

Assoc. dos Cafeic. do Ribeirão de Santo Antonio N

2

Marcelo Luiz Thezolin Divinolândia

8.65

Ass.Agrop. Barra Grande de Caconde N

3

Marcilio Aparecido Souza Divinolândia

8.63

Asso. dos Cafeicultores Vale da Grama N

4

Lucia Maria da Silva Dias S.S. da Grama

8.63

Ass. dos Prod. Caf[es Especiais de Sta. Luzia CD

5

Arnaldo Franco de Moraes & Outros Sto. Antº Jardim

8,58

Ass.dos Cafeic.Montanha de Divinolândia N

6

Rodrigo José de Avila Divinolândia

8,56

Asso. dos Cafeicultores Vale da Grama CD

7

Lucia Maria da Silva Dias S.S. da Grama

8,52

Sindicato Rural de Amparo CD

8

Reginaldo Faria dos Santos Serra Negra

8,48

Sindicato Rural de Caconde NL

8

João Hamilton dos Santos Caconde

8,48

Assoc.dos Cafeicultores Vale da Grama CD

9

Antonio Gabriel Taramelli S.S Grama

8,39

 

ML = Microlote / N = Café Natural /CD – Café Cereja Descascado/NL = Nano lote

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here