Grupo promove campanhas para doação de sangue e cadastro de medula óssea

0
464
Bruno (o segundo, à esquerda) ao lado dos organizadores Murilo Ferreira, Mateus Ignácio e Isabela Amâncio

Marina Camacho

Com o objetivo de conscientizar a população de São José do Rio Pardo para “realizar o bem sem olhar a quem”, o grupo Gota de Vida promoverá três campanhas neste mês de julho, sendo duas para doação de sangue e uma para cadastro no REDOME (Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea), órgão que trata a respeito da doação de medula óssea. As informações são do organizador Bruno Tetsuo Maejima, de 20 anos.

De acordo com ele, a primeira campanha acontecerá neste sábado, 20, em Campinas, para cadastro de medula óssea, com a participação de 20 voluntários, que devem se encontrar nas dependências do Departamento de Esportes e Cultura (DEC). “Já atingimos a limitação máxima de participantes. E o processo é simples: será preenchida uma ficha com perguntas referentes ao cadastro e colhidos 10 ml (mililitros) de amostra de sangue, além de avaliar compatibilidade genética com quem necessita.”

Já a segunda, para doação de sangue, será realizada no dia 24, quarta-feira, em São João da Boa Vista, com aproximadamente 25 voluntários até o momento. “Ainda há vagas. Os participantes devem se encontrar na ‘praça do Epidauro’ (Praça Oliveiros Pinheiros), com saída até às 18h20.”

E a terceira ocorrerá no dia 27, sábado, também para doação de sangue em São João, com saída às 6h na Praça Oliveiros Pinheiros. “Há 20 voluntários até o momento. E a meta para as campanhas de doação de sangue é lotar um ônibus com 50 vagas para cada uma.”

Doação
Para participar das campanhas de doação de sangue, Bruno revela que os interessados devem ter entre 16 e 69 anos, estar em boas condições de saúde, ter no mínimo 50 kg e não ter feito tatuagem ou colocado piercing há um ano. “Também é importante que os voluntários tenham dormido, no mínimo, 6h na noite anterior à doação. E os menores de idade precisam apresentar autorização assinada pelos responsáveis.”

Cadastro
O organizador ainda explica que as pessoas interessadas em participar do cadastro de medula óssea precisam ser maiores de 18 anos. “Apesar disso não há muito critério no cadastro: não precisa ter peso mínimo. Mas caso o cadastrado seja convidado a doar para alguém compatível, aí sim entrará para uma série de exames mais específicos.”

Transporte
Segundo ele, o transporte para a realização das campanhas de doação de sangue será cedido, novamente, pelo Banco de Sangue de São João. Já para o cadastro de medula óssea, o ônibus será fornecido pelo DEC. “No ato do planejamento da primeira campanha do grupo, que foi realizada em 22 de junho, fizemos requisição de transporte para a prefeitura, mas foi negado.”

Contatos
Para participar das campanhas os interessados devem entrar em contato com Bruno Tetsuo Maejima: (19) 99434-6257; Isabela Amâncio de Souza: (19) 99451-9727; Letacia Souza: (19) 99412-2887; Murilo Coelho Ferreira Pinto: (19) 99388-2402 e Mateus Henrique Ignácio da Silva: (19) 99312-3265.

Bruno e Letacia Souza, também integrante do grupo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here