The Butcher Boy – Nó na gargante é pura angústia

0
319

Nó na garganta, como foi intitulado no nosso país, é um grande e assustador livro e, posteriormente, se transformou num sensacional filme dirigido por um dos meus favoritos, Neil Jordan.

Trata-se de uma narrativa de terror sobre a infância. Assustadoramente, o irlandês Patrick McCabe constrói um mundo doentio de um menino que responde aos maus-tratos da vida. É uma trajetória de brincadeiras inocentes e assassinato dentro de uma pequena panela-de-pressão comprimindo as características do pequeno Francie Brady.

MacCabe, para quem não sabe, se tornou um dos grandes nomes dentro da Irlanda. Lançado em 1992, chegou ao Brasil alguns anos após e foi comparado ao romance O som e a fúria do famoso escritor norte-americano Willian Faulkner, principalmente pela forma como a narrativa é construída: o início de conto de fadas e o desfecho de uma novela gótica.

O livro é contado pelo ponto de vista inocente de uma criança e, episódios chocantes como, por exemplo, conviver com o cadáver do pai acreditando que se trata de uma doença estranha, é mostrado com um horripilante toque de inocência.

O enredo se passa numa cidadezinha irlandesa em que os bons costumes e a moral imperam a sociedade. Ser filho de um alcóolatra e uma suicida é motivo de exclusão. Questionado, o autor, sobre se esse era o retrato da Irlanda, sabiamente respondeu que não “ esse é o retrato do mundo”.

Vale a pena conferir o livro e assistir ao filme. Ambos são angustiantes e nos fazem refletir sobre tudo e sobre todos.

Abaixo, meu canal do youtube.

Até a próxima.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here