Três tipos de pessoas Ansiosas (saia do primeiro)

0
111

Ansiedade e estresse estão cada vez mais frequentes nas nossas vidas.
O Brasil é o primeiro no ranking de ansiedade no mundo.
Mas existem três formas de ser ansiosa, qual delas você se identifica?

  1. Ansiosa Vítima:
    • Vai empurrando a vida com a barriga,
    • Sofre com a ansiedade, o aperto no peito, as palpitações,
    • Mas não faz nada para mudar.
    • Vive reclamando.
    • Põe a culpa na economia, no País, no trabalho, nas pessoas.
    • Fica sem ação.
      Conhece alguém assim?
  1. Ansiosa Buscadora:
  • Tem consciência de sua ansiedade
  • Sente que atrapalha seu dia a dia
  • Mas tem dificuldade em saber onde encontrar ajuda.
  • Busca ajuda na internet, no youtube, em livros.
  • Sabe a teoria, tem dificuldade em colocar em prática.
  • Quer melhorar mas não sabe como.
    E assim?
  1. Ansiosa Desperta:
  • Sabe como a ansiedade atua no seu corpo e na sua vida.
  • Aprendeu a dar as mãos para ela, facilitando seu dia a dia.
  • Usa seu potencial máximo na hora do trabalho.
  • Está presente.
  • Diante de um problema, usa suas ferramentas, para manter o centro e responder com clareza.
  • Consegue descansar e repor as energias.
  • O corpo fica vibrante de alegria e leve.
  • Quando cai, levanta e recomeça.
    Que tal assim? Maravilhoso, não é?

Há 15 anos eu poderia pensar que seria impossível para mim esta terceira opção.
Era aquela Ansiosa Vítima que sofria demaaaais.
Esse é o pior lugar para estar, pois não existe ação.
Mas a vida foi me cutucando pra dar o passo.
Eu passei a ser a Ansiosa Buscadora, praticava yoga, mesmo que minha cabeça estivesse ‘a milhão’ – era a coisa mais difícil do mundo, na época.
Busquei muito!
Diversos cursos, terapias, vivências…
Cada passo foi importantíssimo para que hoje eu possa dizer que sou uma Ansiosa Desperta.
Sim, a ansiedade ainda faz parte.
Só que eu fiz uma amizade com ela.

Ela me lembra de:

  • olhar para mim
  • pisar no freio
  • rever o caminho
    Sou muito grata à ansiedade!

Mesmo que tenha sido dolorido, ela me mostrou o caminho da liberdade de Ser quem eu Sou!
E você, como está hoje e como quer estar?
Qual passo pode dar hoje?
Seguimos conectados pelas redes sociais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here