Toneladas de lixo em estradas rurais – São José do Rio Pardo

0
363
Toneladas de lixo em estradas rurais

A deposição de lixo em áreas impróprias é um problema recorrente.
Apesar das ações da Prefeitura e do serviço regular da coleta, parte da população não colabora.
Nesta semana foi realizada mais uma operação para limpar margens de estradas.

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO RIO PARDO

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
(19) 3682-7825 / (19) 99864-9361
WWW.SAOJOSEDORIOPARDO.SP.GOV.BR


População não colabora e material é descartado em áreas impróprias

Apesar das dificuldades orçamentárias, da frota reduzida de caminhões, a Prefeitura de São José do Rio Pardo mantém de forma regular o serviço de coleta de lixo. Todos os bairros são visitados pela equipe da coleta ao longo da semana. Entretanto, uma parte da população não colabora com o serviço e diariamente descarta lixo em locais inapropriados.

A maior parte dos descartes irregulares é feita nas estradas rurais. Alguns locais já são bastante conhecidos: Estrada do Barreirinho, Estrada do Sítio Belmonte-Paula Lima, Estrada do Alto Chapadão, Estrada do Clube 18, Loteamento Minussi, Estrada Cassucci-Recanto da Vovó, Estrada Aeroporto–Loteamento Macaúbas.

Nesta semana, uma operação da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente e do Departamento de Serviços Urbanos resultou no recolhimento de dezenas de toneladas de lixo em alguns destes pontos de descarte irregular.

Nas imediações do Sítio Belmonte – estrada que liga o Jardim Nova Belmonte ao bairro Paula Lima – foram retiradas 7 carretas lotadas de lixo, entulho e móveis. O mesmo material, na estrada do Barreirinho, lotou mais 5 carretas. Também foi realizada limpeza no Alto Chapadão. Outros pontos continuam sendo limpos até o final de semana.

A Prefeitura analisa a possibilidade de instalar câmeras de vigilância nestes locais, o que auxiliaria na identificação de quem descarta o lixo irregularmente. Entretanto, a medida considerada extrema requer bastante investimento em tecnologia. Também estão sendo planejadas ações de arborização e instalação de cercas com arame.

Além das questões sanitárias e de saúde pública, o descarte irregular do lixo prejudica o município no cumprimento das metas do programa ambiental Município Verde e Azul, do Governo do Estado. Alcançar um bom índice no ranking garante ao município recursos para investir em meio ambiente.

A Prefeitura observa que os investimentos nas ações para coleta do lixo descartado irregularmente custam bem mais do que o trabalho rotineiro da limpeza da cidade. São recursos que poderiam ser empregados, por exemplo, na limpeza dos terrenos ou mesmo no serviço de roçamento em ruas e avenidas.

Conforme lembra o Departamento de Serviços Urbanos, responsável pela coleta, caso os moradores tenham necessidade de descartar algum material que não seja coletado pelo caminhão, devem se dirigir ao Pátio do Almoxarifado Municipal.

FOTOS: Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente

DA REDAÇÃO:
‘Todos produzimos lixo. Cuide do seu para termos uma vida melhor.’
‘Não adianta levar o lixo para o vizinho; ele continua existindo’
‘Reciclar é bom para todos. Participe!’

Vídeo postado no Facebook

Publicado por Mauro Boaro em Segunda, 10 de dezembro de 2018

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here