Assuntos às pencas

0
49

É desses livros que convidam à leitura: letras graúdas e generosos espaços entre os 661 assuntos curtos. Chama-se, meio bobamente, Phrase Book, como se a maltratada língua
portuguesa não tivesse recursos para batizar obra tão importante.

Autor: Roberto Duailibi, brasileiro descendente de árabes.
Oportuna dica do prefaciador Mauro Santayana é que o livro pode ser lido a partir de qualquer lugar, porque não tem nem começo, nem meio, nem fim. Então vamos lá.

DUAS RAZÕES
Há duas razões para qualquer coisa: uma boa razão e a razão verdadeira.(W. Churchill)

IMPOSSÍVEL
Não sabendo que era impossível, ele foi lá e fez. (Jean Cocteau)

DESIMPORTANTE
Não seja humilde. Você não é tão importante assim. (Primeira-ministra israelense Golda Meir ao general Moshe Dayan)

QUEM COBRA
Deus cura e o médico manda a conta. (Benjamin Franklin)

MIOPIA MENTAL
O binômio do Newton é tão belo quanto a Vênus de Milo. O que há é pouca gente a dar com isso. (Fernando Pessoa)

OLHANDO PARA TETO
O melhor da ópera é o lustre. (Telmo Martino)

DURA VERDADE
Não há soluções políticas para problemas econômicos. (Joelmir Betting)

TEMPOS
O tempo do ideólogo é a utopia; o tempo do político é o seu mandato; o tempo do burocrata é a sua aposentadoria. (Jorge Cunha Lima)

DURA VERDADE
Desculpe, minha senhora, mas acontece que eu negocio com antiguidades e não posso deixar de lhe dizer em que ótimas condições a senhora se encontra. (Um antiquário)

DETALHE
O dinheiro não tem a mínima importância, desde que a gente tenha muito. (Truman Capote)

FANÁTICO
É o sujeito que jamais muda de ideia e por isso não pode mudar de assunto. (W.Churchill)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here