AH, A ESTUPIDEZ!

0
529
AH, A ESTUPIDEZ!

Carolina Vital Ortiz

Olá, leitores. Todo mundo se sente um pouco estúpido de vez em quando, não? É aquele fato que você finge que não aconteceu e que se alguém lhe perguntar “lembra quando…?”, provavelmente você disfarça e muda de assunto. Quem nunca bebeu excessivamente e fez uma “porcaria” das grandes, a ponto de deixa-lo com um rubor só de relembrar a situação, que atire a primeira pedra.

Porém, ficar bêbado e passar vergonha, tropeçar e cair em público, dar uma opinião completamente fora do contexto, entre outras, são historinhas de dormir perto dos atos completamente imbecis que seres humanos fizeram. Vejam só:

Phnom Penh, o maior centro financeiro e capital de Candoja, foi o lar de um dos mais belos lagos do mundo, o Lago Boeung Kak. Entretanto, investidores completamente imbecis, resolveram apostar na área e decidiram enchê-lo de terra para a construção de um condomínio de luxo em meados de 2010. Resultado: a bela paisagem natural cambojana se transformou numa poça enlameada impossibilitada de uso. E assim foi o final de uma riqueza natural.

Dentro de Nohmul, um grande sítio arqueológico pré-colombiano maia, havia uma grande pirâmide que era considerada uma das mais bem-preservadas ruínas de Belize. Entretanto, em 2013, enquanto construíam uma estrada ali perto, alguns operários decidiram explodi-la para conseguir cascalho. E assim foi o final de uma riqueza histórica.

Em 2001, quando o Talebã ainda estava no comando no Afeganistão, as gigantes estátuas de Sidarta Gautama, o Buda, que tinham mais de 30 metros de altura, foram explodidas por serem consideradas imagens de ídolos! Sim, por isso que sempre precisamos pensar em quem está no poder e a ideologia por trás dessa figura (mas isso é assunto para outra matéria).

Na Grécia Antiga, uma das maiores joias da civilização foi a construção do Paternon. Pois é, durante uma guerra em 1687, os otomanos resolveram armazenar pólvora no local e bastou um único tiro para que o templo fosse destruído. E assim, anos e anos de história foram enterrados pela estupidez humana.

No Canadá, até o ano de 2017, o vasto e caudaloso rio Slims, localizado no território Yukon, desapareceu em apenas 4 dias. Isso aconteceu devido à estupidez da humanidade em geral (o que me inclui e inclui você também). Com o aquecimento global, que alguns ainda ousam contestar, a geleira Kaskawulsh que o abastecia, foi consideravelmente diminuída. Haja estupidez para tantas pessoas!

A principal atração de idiotices deixei para o gran finale: até 1973, no meio do deserto do Saara, havia uma única árvore. Ela cresceu ali misteriosamente e passou seus anos felizes, sendo considerada a mais famosa e isolada árvore do planeta. Foi fotografia de vários cartões postais, foi citada em grandes discursos e considerada uma grande metáfora para a vida. Entretanto, um motorista bêbado conseguiu a façanha de atropelar a única árvore existente num raio de 400 km com seu caminhão e, lógico, acabar com toda a magia que nos encantou por séculos.

É, amigos, pelo visto, a capacidade de ser estúpido está nos nossos genes e estamos fadados a estar rodeado por imbecis ou, se isso não estiver acontecendo, de sermos o próprio imbecil.

Até a próxima!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here