Suplementos que funcionam: cafeína

0
396

Quando falamos de cafeína, a primeira coisa que nos vem à cabeça é o café de todos os dias, o qual é, realmente, uma das suas maiores fontes.

Mas, além do café, a cafeína pode vir de outras fontes, como os chás (especialmente o chá mate, chá verde e chá preto), chocolates, alguns tipos de refrigerantes e suplementos. A
cafeína é normalmente utilizada para reduzir o cansaço e aumentar o estado de alerta, sendo considerada pela Organização Mundial da Saúde como uma substância estimulante do sistema nervoso central. Os consumidores habituais de café relatam que a sua falta causa irritabilidade, inquietação, nervosismo, cefaleia e dificuldade de rendimento no trabalho.

Em relação ao esporte, a cafeína pode ajudar a diminuir a percepção do esforço, aumentar disposição no treino, ajudar no emagrecimento e melhorar a performance. A quantidade
mais recomendada é de 3 a 6mg/ kg corporal. A vantagem do uso para emagrecimento é que a cafeína ajuda a liberar mais gordura como fonte de energia. Um dos grandes problemas de comprar a cafeína já pronta (em cápsula ou tablete) é que a quantidade provavelmente não está individualizada e problemas como insônia podem acontecer. O uso à noite para algumas pessoas também pode não ser interessante.

Muitas pessoas podem se beneficiar com alimentos que já contêm cafeína. Em 150 ml de café (3 xícaras de café), podem conter de 64mg a 124mg de cafeína e, para muita gente,
já será o suficiente para aproveitar seus benefícios. Para quem é viciado em café, recomendo ficar 1 semana sem a ingestão para dessensibilizar o corpo e poder aproveitar melhor o
efeito da cafeína.

É sempre importante lembrar que hipertensos, gestantes e pessoas com anemia devem evitar o uso da cafeína. Procure sempre um profissional qualificado para adequar sua
alimentação. Apesar de ser uma substância termogênica, ela não fará milagre no emagrecimento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here