Se você é antenado no mundo da moda, provavelmente já deve ter ouvido o termo “it bag”, e nesse post vou falar pra vocês um pouco desse conceito que eu amo.

Nessas ultimas temporadas, temos visto grandes marcas relançando itens que fizeram parte da sua história, e em algum momento do tempo ficaram esquecidas. Esse termo que se aplica a bolsas especificas, como 2.55 da Chanel, que se tornou um item desejo da marca, ou a Speed da Louis Vuitton, enfim. Cada marca possui o seu hit, e a grande aposta das marcas é praticar uma moda consciente.

A forma como pensamos nesse conceito é incrível, porque, se você já possui uma determinada peça, vale a pena resgata-la e continuar usando, e se você pensa em investir em uma bolsa, sapato, ou vestido de luxo, vale a pena pensar na vida útil desse item. Quanto vou pagar? Quantas vezes vou usar? Em quais situações posso usar?

Quando praticamos a “moda consciente”, nós não pensamos em consumismo, pensamos em investimento, porque serão itens que estarão sempre presente, itens consagrados como “atemporal”.

Eu coloquei como título desse artigo as “it bags”, por ser um termo mais atual, mais isso se aplica na vida.

É incrível poder consumir os milhares de itens de moda que são lançados diariamente, mas se você deseja escolher apenas um, alguns itens “fashion” para vocês.

E não esqueçam de curtir e compartilhar o nosso conteúdo, e deixar o seu comentário.

E abaixo eu deixarei algumas imagens dos maiores “its” do mundo da moda.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here