Fonte: http://www.decoracaorustica.com.br/2017/03/sala-rustica.html

Salve galera, tudo bom com vocês? Hoje vou falar sobre a decoração RÚSTICA.

Esse estilo oferece aconchego e um gostinho de antigo, sem perder a elegância e a modernidade. Ele traz tranquilidade e calmaria, criando um local aconchegante, acolhedor e convidativo, além de muito charmoso. Além disso, esbanja personalidade e é conhecido por seu acabamento simples e rudimentar. Como o próprio nome já diz, tem como base os materiais mais “brutos” e naturais, como madeira e pedra, por exemplo. As imperfeições, o inacabado e o desgaste causado pelo tempo são valorizados. Porém, se engana quem pensa que o estilo rústico remete apenas ao antigo, já que é possível usar peças modernas com acabamentos rústicos, ou misturar elementos contemporâneos, que trarão mais identidade e personalidade aos ambientes. As características desse estilo são bem marcantes e que remetem à natureza, como irei falar a seguir.

ORIGEM DO ESTILO RÚSTICO

O estilo rústico surgiu a partir dos recursos utilizados para decorar as casas de campo e fazendas. Os moradores dessas regiões tinham o hábito de utilizar materiais que estavam a seu alcance para decorar e compor seus lares. Dessa forma, as matérias-primas, utilizadas no interior das casas, vinham da natureza e eram trabalhadas de forma bruta, dando origem a móveis, revestimentos, elementos decorativos e até mesmo partes estruturais das casas.

Esse estilo sempre foi muito utilizado nas casas de campo, porém hoje ele está presente em qualquer tipo de habitação, já que muitos moradores de casas e apartamentos de metrópoles optam por essa decoração (justamente para trazer o clima do campo, contrastando com a vida agitada das cidades).

CARACTERÍSTICAS DA DECORAÇÃO RÚSTICA

  1. Materiais

Grande parte dos materiais deste estilo tem origem na natureza, como por exemplo: pedras naturais, madeira, tijolos, fibras, tecidos e couros. Eles geralmente são utilizados em sua forma bruta, para caracterizar o visual inacabado, próprio deste estilo. Juntamente com esses elementos naturais, podem ser empregados outros tipos como: ferro, vidro, concreto e cimento.

A madeira é o principal elemento do estilo rústico, já que é um material bem versátil e que permite deixar o espaço com um ar mais natural. Ela é utilizada na fabricação de móveis, vigas, forros, pisos e revestimentos, com acabamento natural e sem verniz. É possível utilizá-la em todos os ambientes, combinando tons claros e escuros. Além disso, é muito bem-vindo o uso da madeira de demolição, a qual se diferencia das madeiras comuns devido ao fato de apresentar um aspecto bruto, onde seus veios e texturas são mais aparentes.

Fonte: http://www.decoracaorustica.com.br/2017/03/sala-rustica.html

Pelo fato de a madeira natural requerer muitos cuidados, já que, geralmente, sofre com intempéries e pragas, surgiram inúmeros revestimentos cimentícios e vinílicos, que reproduzem fielmente este material e raramente exigem manutenção. Além disso, outra opção para os pisos é o uso do cimento queimado, que nada mais é do que uma mistura de argamassa, cimento, areia e água, que combinado com materiais terrosos é uma opção barata para este estilo. Aliás, o cimento ou concreto aparente costumam ser incluídos neste tipo de decoração, já que possuem um aspecto inacabado, característicos de um ambiente rústico.

As pedras naturais também estão muito marcantes nesta decoração. Elas geralmente estão presentes no piso e em bancadas, em sua forma polida e lisa. Procure combiná-las com outros elementos, como a madeira ou o cimento, por exemplo.

Outro material que vale à pena destacar neste estilo é o tijolo, pois, pelo fato de apresentarem assentamento irregular e acabamento texturizado, eles reforçam o conceito do estilo. Para conseguir o efeito do tijolo aparente, deve-se retirar o reboco da parede ou aplicar revestimentos ou papéis de parede, que imitam este material.

Por fim, vale lembrar que os vidros são muito utilizados, justamente para aproximar o interno e o externo, o ambiente e a natureza (dependendo do local).

2. Cores

Com relação às cores, tons neutros e terrosos são bastante utilizados. Essas cores podem ser usadas em móveis, paredes, pisos e acessórios. O mais indicado é ter paredes com um “branco sujo”, combinando com tonalidades de terra ou tons pastéis mais claros. Porém, para tornar o ambiente ainda mais aconchegante, nada te impede de trabalhar com uma cor mais quente ou mais fria, sempre optando por tons que remetem à natureza. Tudo vai depender do local onde você mora. Por exemplo, se você vive em um lugar onde é frio e úmido, o ideal é que as cores de decoração sejam mais quentes, como marrons e laranjas (que combinam perfeitamente com a madeira e dão um toque acolhedor). Agora, se você vive em um lugar quente e ensolarado, pense em tons mais neutros, como bege, areia, terra e cores de pedra, para trazer frescor ao ambiente.

Na decoração rústica, os pontos mais coloridos aparecem principalmente nos tecidos, tapetes, mantas e almofadas. Invista no xadrez, floral, listras e patchwork (“trabalho com retalhos”). A mistura dos padrões neste estilo é considerada uma ótima opção, desde que não sobrecarregue o ambiente.

Fonte: http://entendaantes.com.br/estilo-rustico-saiba-como-usar/

3. Mobiliário e objetos de decoração

A decoração deste estilo dá destaque para peças de artesanato (tapeçaria, mantas, cerâmica e louças), para as antiguidades (móveis e quadros) e para a natureza (flores, jarras e madeira). Além disso, a imperfeição é vista como algo belo, porém, isso não significa que essa imperfeição não tenha sido cuidadosamente calculada.

Os móveis e peças podem ser pintados ou deixados em seu estado natural. Eles normalmente são bem grandes, feitos de couro, tecidos naturais, madeira, palha ou ferro fundido. Mas lembre-se que uma característica é o regresso às origens, remetendo ao campo e à vida colonial, portanto se destacam móveis gastos pelo tempo, com personalidades e histórias. Por isso, você não deve se preocupar muito com os acabamentos.

Outra característica é o uso de arranjos florais, em vasos, ou jarras, de vidro ou cerâmica, remetendo aos elementos da natureza. Arranjos mais simples e com menos detalhes e cores se misturam ao ambiente e são bem característicos no estilo. As chamadas “bugigangas” também estão presentes (aqueles objetos que tem função apenas decorativa).

Fonte: https://www.vivadecora.com.br/foto/27125/sala-de-estar-com-mesa-de-centro-de-madeira-rustic
Fonte: https://www.vivadecora.com.br/foto/27125/sala-de-estar-com-mesa-de-centro-de-madeira-rustic

Em termos de organização, o aspecto de “tudo à vista” é bem característico do estilo. Ou seja, as prateleiras são abertas e os acessórios e utensílios ficam à mostra. Esses objetos são típicos de fazendas, como por exemplo, panelas de ferro, cestos e peças de tecidos naturais. Além disso, também são utilizados cabides de parede espalhados por toda a casa, onde tudo fica pendurado, como antigamente. Por falar em paredes, peças como quadros de paisagens, murais, retratos envelhecidos e espelhos com molduras antigas, também estão presentes.

Quanto aos artigos têxteis, aposte em tapetes felpudos e com texturas, dando preferência aos com modelos simples, feitos de algodão ou fibra de coco. Além disso, os sofás e camas geralmente estão cobertos com mantas e almofadas, que trazem acolhimento ao ambiente.

Fonte: http://www.blog.lolahome.com.br/estilo-rustico/

DICAS PARA VOCÊ APLICAR O ESTILO RÚSTICO NA SUA CASA

1. Salas

A sala é o principal espaço de convivência de uma casa, por isso, a decoração precisa estar sempre muito aconchegante e bonita. Se a sua tem um estilo mais moderno de decoração, você pode apenas utilizar detalhes da decoração rústica, como objetos e revestimentos em madeira, ou até mesmo papéis de parede que remetam a tijolinhos à vista ou pedra. Uma boa dica é inserir uma mesa feita com madeira de demolição ou com troncos de madeira. Um sofá de couro também pode dar um toque mais rudimentar e aconchegante. Dessa forma, você harmoniza seus objetos atuais e contemporâneos, com os materiais campestres deste estilo.

Caso você opte por uma sala completamente rústica, será utilizada muita madeira, tijolos, pedras, vidros, plantas e móveis antigos. Mas não esqueça de utilizar um pouco mais de cor nos ornamentos e elementos têxteis, para evitar que o ambiente fique muito carregado.

Quando se pensa em uma sala rústica, logo a lareira surge como o destaque máximo da decoração. Porém, como aqui na maior parte do Brasil faz bastante calor, esse elemento ainda é específico das regiões mais frias e montanhosas (como no sul e cidades serranas). Se você optar por ter este item, não abra mão de um tapete, com cores sóbrias e que harmonizem com o estilo de lareira, que geralmente é revestida com diversos tipos de pedras e tijolos.

 

 

 

 

2. Quartos

O quarto deve proporcionar descanso e relaxamento. Portanto, é fundamental que ao entrar no quarto, a sensação seja de bem-estar e aconchego. Por isso, opte por cores bem suaves, acabamentos simples e iluminação indireta. Invista em detalhes têxteis, como tapetes, cortinas e almofadas, já que esses elementos irão funcionar como ponto de equilíbrio e harmonia para o ambiente.

Na hora de escolher a mobília, dê preferência aos móveis que expressem naturalidade. A dica é investir na madeira ou em fibra natural, já que esses materiais transmitem o frescor da natureza. A cama com cabeceira de madeira é uma peça chave na decoração. Se quiser, opte por uma cama feita de pallets, adornada com almofadas estampadas. Quanto ao guarda-roupa, use a criatividade e invista em móveis repaginados, que trarão para o ambiente um toque mais natural. Um outro item bem interessante é um baú, sem acabamentos elaborados. Ele irá servir como calçadeira e ao mesmo tempo será utilizado para organizar itens necessários.

 

 

 

 

3. Cozinhas

Na cozinha, a decoração com madeira deixa o ambiente com um ar mais campestre. Uma tendência é lixar os móveis tradicionais, com a intenção de dar-lhes uma aparência de desgaste. Panelas de ferro penduradas, jarras de vidro, temperos à mostra, louça antiga, objetos em cobre, fogão à lenha, colheres de pau, latas, cestos de palha e peças artesanais são bem-vindos. Cortinas de renda ou tecido xadrez também podem ser utilizadas. Outra maneira de dar uma aparência rústica à cozinha é utilizando um conjunto de prateleiras de madeira, para guardar suas louças e expor seus objetos decorativos. Além disso, suportes de parede, para pendurar panelas e elementos decorativos, são boas ideias.

Caso você queira trazer mais vida para a sua cozinha com estilo rústico, procure combinar um armário rústico, por exemplo, com elementos decorativos e itens domésticos em cores fortes. Uma dica é optar por fazer uma composição com um conjunto de mesa de design rústico e cadeiras estofadas.

 

 

 

 

4. Banheiros

Eles costumam encantar as pessoas pela sua beleza simples e aconchego. Todos os materiais utilizados devem remeter à terra e à natureza. Geralmente, a madeira clara é a preferida por dar leveza ao ambiente, mas muitas vezes as tonalidades mais escuras também são escolhidas. Outros materiais utilizados são o tijolo aparente e as pedras (as quais podem aparecer em detalhes da decoração, como molduras de espelhos).

 

 

 

 

Se você gostou deste estilo, mas está com o orçamento apertado, alguns pequenos detalhes já podem transformar o ambiente. Uma dica é investir em um papel de parede com estampa rústica, como o tijolinho ou pedra. Além disso, você pode criar a sua própria cabeceira de cama, pegando alguns pedaços de madeira e os unindo até ficar no tamanho desejado. Outra dica acessível é aproveitar um espelho que você já tenha em casa, colocar uma moldura de madeira. Móveis de pallets e caixotes também são tendência.

Por fim, vale lembrar que a decoração tem que harmonizar com os moradores do local. Se você gosta do estilo, mas não quer transformar seu lar urbano em uma típica casa de fazenda ou de campo, uma dica é optar por apenas alguns detalhes ou móveis rústicos. Uma ideia é misturar acabamentos e materiais predominantes desse estilo com outras tendências como da decoração moderna, clássica ou industrial. Por exemplo, você pode escolher uma mesa de madeira natural, combinada com uma parede de pedras ou tijolinhos e um piso de porcelanato. Dessa forma, você cria um equilíbrio, fazendo com que a decoração apresente toques que remetam ao estilo rústico, mas sem carregar muito os ambientes.

Agora, se você gostaria de transformar totalmente a sua casa, e é totalmente apaixonado por essa decoração com elementos naturais, florais e com arquitetura mais carregada, mergulhe fundo e siga à risca todas as dicas que eu dei! O resultado será uma casa que transbordará tranquilidade e conforto, que é tudo o que buscamos para compensar nossos ritmos agitados do cotidiano.

Mas lembre-se: somente pensando em um projeto com muito cuidado e dedicação que você poderá ter uma DECORAÇÃO RÚSTICA agradável e sem erros.  Gostou do texto? Já conhecia este estilo de decoração? Escreva para mim nos comentários! Muito obrigada e até a próxima!

Redes sociais:

https://www.facebook.com/pennaarqurb

https://www.instagram.com/pennaarqurb/

https://www.youtube.com/c/PennaArquiteturaeUrbanismo

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here