Artista retrata Alambique ‘da Lage’ e ganha prêmio em Arceburgo

0
500

Ganhou medalha de ouro a tela ’Cachaça da Lage – Alambique’, da artista rio-pardense Adriana Ferfolha da Silva, atualmente morando em Indaiatuba. A obra foi premiada no 32º Salão de Artes Plásticas de Arceburgo e está exposta até o dia 30 no Instituto Histórico Cultural da cidade mineira.

A obra premiada é classificada na categoria Arte naïf. A exposição também traz outra da autora (“Cachaçaria da Lage”) que foi feita com base nas paisagens do alambique rio-pardense. “Busquei retratar a produção artesanal da cachaça, destacando a principal herança, que é a passagem desta tradição familiar, entre as gerações”, descreve Adriana.

Entre 2004 e 2006, ela cursou Artes na Feuc e começou a pintar em 2013. Adriana explica que também produz obras no estilo contemporâneo, mas sempre utilizando materiais diferenciados, como fibra de bananeira e madeira reciclada.

A abertura da exposição, em 16 de junho, foi acompanhada por Silvia Salvadori, uma das proprietárias da Cachaça da Lage, de São José. A cachaça é produzida, artesanalmente, há mais de 100, mas desde 1927 está aos cuidados da família Salvadori.

O Instituto Histórico e Cultural de Arceburgo fica à Rua Coronel Cândido de Souza Dias, 990, no centro da cidade. O telefone é (35) 3556-2156.

A Cachaçaria da Lage fica à Rua Henry Nestlé, 404 (telefone: 19 3608-5334). O local pode ser visitado de segunda a sábado.

32º Salão de Artes Plásticas de Arceburgo 001
32º Salão de Artes Plásticas de Arceburgo 002
32º Salão de Artes Plásticas de Arceburgo 003
32º Salão de Artes Plásticas de Arceburgo 004
32º Salão de Artes Plásticas de Arceburgo 005
32º Salão de Artes Plásticas de Arceburgo 006
32º Salão de Artes Plásticas de Arceburgo 007
32º Salão de Artes Plásticas de Arceburgo 008
32º Salão de Artes Plásticas de Arceburgo 001

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here