Muitas pessoas reclamam da dificuldade de emagrecer no frio, mas na realidade o frio pode ser um ótimo aliado para esse público. No inverno o nosso corpo gasta mais energia para mantê-lo aquecido e, em ambientes frios, geralmente elevam o metabolismo energético durante o repouso e a atividade física. A magnitude do efeito dependerá da quantidade de gordura corporal do indivíduo e da eficácia do conjunto de sua roupa para reter calor.

É normal no clima frio você ter um pouco mais de fome. Caso você esteja em uma dieta hipocalórica, você tem a opção de aumentar um pouco a caloria ingerida, mas procure não exagerar.

No frio é comum também diminuir consumo de líquidos, o que pode ser normal pois transpiramos menos. O problema é que a maioria das pessoas reduz muito o consumo de água. Isto pode piorar a ansiedade e fazer com que você coma mais. Além disso, uma das barreiras de proteção que temos é o muco. Caso o consumo se líquidos seja baixo, a produção de muco diminui e você fica mais suscetível a problemas relacionados a baixas temperaturas.

É muito comum nesta época consumir alimentos mais calóricos como caldos, chocolate quente, frituras, fondue,… Uma dica é você tentar reduzir a ingestão de calorias durante o dia para, à noite, você comer sem culpa e manter o balanço energético negativo.

Caldos e sopas podem ser consumidos, mas com algumas observações. Caso queira fazer uma sopa caseira, procure misturar vários grupos alimentares como uma fonte proteica, uma fonte de carboidrato, pelo menos 1 tipo de legume, pelo menos 1 tipo de verdura, 1 tipo de fonte de gordura e abuse de temperos naturais. O maior erro que vejo é consumir sopa apenas com fontes de carboidratos como uma sopa de batata e legumes

Outra opção interessante durante o frio é ingerir chás. Nesse caso, aconselho a consumir o chá verde, com exceção de pessoas hipertensas, com problemas de insônia e pessoas que sofram com ansiedade. O chá verde pode ajudar na queima de gordura, na detoxificação, na proteção de danos causados pelo exercício e na prevenção de doenças crônicas. Procure ingerir 3 xícaras de chá ao longo do dia e evite o seu consumo à noite. Quem não gostar do sabor, pode adicionar hortelã ou menta.

Quer saber mais? Agende sua consulta para conversarmos melhor. Abraços e até o próximo mês.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here