10 características do curso de Arquitetura e Urbanismo | Penna Arquitetura e Urbanismo

0
2241

Salve galera, tudo bom com vocês? Hoje eu vou falar sobre 10 características do curso de Arquitetura e Urbanismo.

  1. Existem algumas disciplinas de cálculo, matemática e física

Apesar de o curso ser da área de Humanas, ele também conta com disciplinas da área de Exatas. A Matemática e a Física farão parte do processo de formação, mas em proporções muito menores que nos cursos de Engenharia. Os níveis, no entanto, variam de uma instituição para outra. Algumas das disciplinas a serem estudadas são: Geometria, Resistência dos Materiais, Teoria da Estruturas, entre outras. No dia a dia de trabalho, normalmente, os arquitetos atuam em parceria com engenheiros, que acabam assumindo as funções mais matemáticas, porém é necessário entendê-las para melhor projetar as edificações.

Além disso, a Matemática está presente em praticamente tudo, como por exemplo: nos levantamentos (medições), cálculo da escada, percentual permitido para construir em determinado terreno, etc. Mas, isso não é motivo de desespero, você precisa estudar essas disciplinas para compreender de fato o que você está projetando.

  1. Não é necessário saber desenhar

Não que arquitetos não desenhem, muito pelo contrário! Acontece que, nos dias de hoje, com tamanho avanço tecnológico, o arquiteto costuma fazer os primeiros esboços à mão, mas, depois acaba passando para softwares como, por exemplo, o AutoCAD.

Você pode começar o seu curso sem ter habilidades de desenho e ir desenvolvendo ao longo das aulas. Os primeiros semestres da maioria das universidades contam com uma grade de disciplinas de projeto, de desenho artístico e de perspectiva, que te ensinam a desenhar. O segredo sempre é a dedicação e concentração nessas disciplinas para obter-se cada vez resultados melhores.

  1. Ler é fundamental durante todo o curso

Como os semestres de graduação em Arquitetura costumam abordar muitos conceitos teóricos, principalmente relacionados à disciplina de História, você lerá sobre a História da Arquitetura, História da Arte, Desenho Arquitetônico, entre outros. Além disso, para trabalhar com Arquitetura e Urbanismo você deve estar sempre ligado às tendências, à arte e à cultura.

  1. O curso engloba muitas disciplinas do Ensino Médio

Pelo fato de abranger conteúdos das áreas de Humanas e de Exatas, o curso engloba diversas disciplinas como: História, Matemática, Física, Biologia (Botânica nas disciplinas de Paisagismo), Geografia (Cartografia, orientação solar), entre outras.

  1. É necessário dedicar muito tempo além da sala de aula

Por experiência própria, eu digo que é uma graduação muito trabalhosa, e raros são os estudantes que conseguem passar todo o período sem pelo menos uma noite virada para entregar um projeto.

A primeira etapa antes do início de um projeto é a visita de campo, ou seja, ir conhecer o local onde sua obra será inserida. Após isso, fazemos os primeiros croquis à mão e passamos horas e horas na frente do computador projetando. Para que os trabalhos e conteúdos não se acumulem, é necessário que o estudante de Arquitetura e Urbanismo seja organizado e dedique uma boa parte do seu tempo, além das aulas, para estudar, projetar e fazer maquetes.

  1. É necessário investir muito

Além de investir muito tempo, é necessário também investir muito dinheiro. Caso você não estude em uma faculdade pública, terá que pagar a mensalidade do curso. Além disso, materiais escolares, materiais para maquetes, computador novo, plotagens e cursos extras são apenas alguns dos gastos que vocês terão no decorrer do curso.

  1. Amplo mercado de trabalho

O Arquiteto e Urbanista pode atuar no setor público, em empresas de arquitetura, construtoras, no setor educacional e de pesquisa ou como autônomo. É necessário ser registrado no Conselho de Arquitetura e Urbanismo para exercer a profissão.

  1. Será possível desenvolver diversos tipos de projetos

Se engana quem pensa que um Arquiteto e Urbanista só pode atuar criando e planejando projetos de construção civil. Ele também pode atuar nas áreas de paisagismo e urbanismo, incluindo projetos de loteamentos, em arquitetura de interiores, na restauração e preservação do patrimônio, no desenvolvimento de projetos de comunicação visual, em projetos de iluminação para eventos e cenografia de espetáculos, além de atuar na área acadêmica, como professor universitário e pesquisador da área de arquitetura.

  1. A especialização é essencial para se tornar um profissional completo

A graduação tem duração de 5 anos. Pelo fato de ser um curso bem dinâmico, ele apresenta diversas áreas para atuação. Ao longo do curso, você pode experimentar todas as possibilidades que ele oferece e ver em quais competências você de destaca mais, escolhendo assim, o ramo que deseja seguir e a especialização que deseja fazer.

  1. Arquitetura acaba se tornando um estilo de vida

Ao invés de ser uma profissão que restringe as suas ideias e pensamentos, ela permite que você a viva como um estilo de vida. Durante os seus passeios e viagens, será muito comum você observar a iluminação, o acabamento, as formas e os materiais utilizados em cada local. Além disso, você vai querer cada vez mais visitar locais importantes da Arquitetura do Brasil e do Mundo.

Enfim, se você procura uma carreira multidisciplinar, que reúna os conhecimentos da área de humanas e de exatas e que ainda permita o uso da criatividade além da técnica, o seu lugar deve ser no curso de Arquitetura e Urbanismo!

Se você procura uma carreira multidisciplinar, que reúna os conhecimentos da área de humanas e de exatas e que ainda permita o uso da criatividade além da técnica, o seu lugar deve ser no curso de Arquitetura e Urbanismo! Caso se interesse pelo assunto, assista ao vídeo abaixo. Nele eu falo sobre cada um desses 10 itens. Caso você tenha alguma dúvida, escreva para mim nos comentários. Muito obrigada e até a próxima!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here