Aumento de Sifilís e HIV cresce em Idosos

0
141

Nos dias de hoje, não é novidade para ninguém que a atividade sexual dos idosos está cada vez mais em dia. Com o crescimento comercial e compra facilitada de medicamentos voltados para disfunção erétil via oral, injetáveis e próteses penianas, principalmente homens, na faixa etária de 60 a 85 anos, estão cada mais ativos em sua vida sexual, mas nem tudo é prazer, a maioria não está atenta aos riscos que o sexo sem a devida proteção pode ocasionar.

Tal prática desprotegida, provocou um aumento nos índices de incidência a infecções sexualmente transmissíveis (IST’s), entre elas, maior destaque para a sífilis e o HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana), resultando em um aumento equivalente a 80% com relação à última década, sendo os homens os mais atingidos.

Segundo dados epidemiológicos levantados pelo Ministério da Saúde em fevereiro desse ano, nos revela que cerca de 4% a 5% da população acima de 65 anos são portadores do vírus HIV, um aumento de aproximadamente 103% em relação ao mesmo período do ano de 2007 na década anterior.

No Brasil, podemos citar como exemplo o estado do Pará, que é o líder nos casos de idosos contaminados. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde do Pará (SESPA), cerca de 5.465 novos casos de HIV em idosos 60 aos 80 anos foram registrados nos últimos anos, sendo 214 em 2016, seguido por 12 óbitos.

Seja consciente, fale com seu médico, procure uma Unidade Básica de Saúde e faça o teste rápido gratuito de sífilis e HIV. “Se cuide, velho é o preconceito, o importante é se prevenir’’.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here