Bate Bola Outubro

0
696

Márcio Longo de Araújo (foto) segue parado, aguardando nova oportunidade no mercado da bola. Pelos clubes que dirigiu e conquistas que tem na carreira, é considerado um técnico experiente.

Márcio Longo de Araújo

O rio-pardense começou carreira como treinador na vaga de Telê Santana no São Paulo FC. Dirigiu o Palmeiras, Paraná, Coritiba, Atlético/ MG, Goiás, Figueirense, Grêmio Barueri, Rio Claro, Guaratinguetá, Sertãozinho, Bahia, São Caetano e, por último, o Bragantino em 2015.

O rio-pardense Maicon Henrique Zamai Ribeiro (foto) tem contrato com o São José EC, de São José dos Campos, até o final deste ano. Com 21 anos, disputou em 2017 o Campeonato Paulista da Segunda Divisão de Profissionais.

Maicon Henrique Zamai Ribeiro

Sempre atuando no sistema defensivo, de 2013 a 2016 esteve no São Bernardo FC jogando os estaduais sub-17, sub-20, Copa São Paulo de Juniores e Copa Paulista. É filho de Paulo Ribeiro (Guru), que atuou por vários times varzeanos e rurais locais.

Nascido em S.J.Rio Pardo em 1950, certa vez num canal de TV (quando residia em Campinas) o ex-jogador Carlos Alberto Zanata Amato omitiu sua cidade natal. Com passagens pelo Flamengo (campeão carioca em 1972) e Vasco (campeão brasileiro em 1974 e carioca em 1977), também jogou no Monterrey do México e no Coritiba, além de treinar o Vasco, Avaí e Al-Ahli, da Arábia Saudita. Informações não oficiais dão conta que hoje mora no Rio de Janeiro. Não vi jogar, mas dizem que foi um dos melhores jogadores nascidos em território rio-pardense…

A “bola da vez” é o André Luiz Tavares (Andrezinho). Ele nasceu em Campinas, mas ainda criança transferiu residência para S.J.Rio Pardo. Sempre se apresentou como rio-pardense, mas numa recente entrevista a uma emissora de TV na edição foi mostrada apenas a fala dele afirmando ser de Campinas.
Alguns dias após a divulgação das imagens, o atual meia do Goiás se retratou, postando vídeos justificando o ocorrido…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here