Gordura Visceral x Atividade Física

0
5022

O acúmulo de gordura corporal geralmente ocorre em maior quantidade sob a pele e entre as vísceras. Destas, a gordura visceral é a que apresenta maiores problemas relacionados à saúde. O combate ao acúmulo de gordura visceral deve ocorrer por meio da prática regular de exercícios físicos e também por uma alimentação equilibrada, e balanceada de acordo com as suas necessidades energéticas para o dia a dia.
Há evidências de que, independente da redução da massa corporal, os sujeitos engajados em exercícios físicos apresentam melhora no metabolismo de gordura hepático, auxiliando dessa forma no tratamento. Foi postulado que uma maior duração dos exercícios produz melhores respostas ao acúmulo de gordura no fígado.
Sugiro que o treino de força é tão efetivo quanto o treino aeróbico para reduzir a esteatose hepática. Sugiro que o treinamento de força poderia ser mais viável para indivíduos com baixa aptidão cardiorrespiratória ou aqueles que não conseguem realizar exercícios aeróbicos por conta do sobrepeso ou outra situação limitante.
Em uma revisão sistemática conduzida por Golabi et al. (2016; World J Gastroenterol 22 (27): 6318-6327), foi verificado que exercícios físicos numa intensidade entre 50% e 70% da frequência cardíaca máxima são mais efetivos para a mobilização de gordura hepática. Os resultados reforçam que o treinamento aeróbico é eficaz na redução da gordura hepáticac independente da perda de massa corporalc e que a associação entre o exercício aeróbico e a dieta potencializa os resultados de redução da gordura hepática. Skrypnik et al. (2016; Biomedicine & Pharmacotherapy 80: 1-7) investigaram os efeitos de dois protocolos de treinamento (aeróbico versus aeróbico + força) sobre a função hepática e verificaram que o treinamento combinado (aeróbico + força) foi mais eficiente do que o treinamento aeróbico isolado. Para Brouwers et al. (2016; Diabetologia 59:2068-2079), embora se reconheça que o exercício físico contribua para a redução da gordura visceral e hepática, os dados a respeito das vias regulatórias ainda são limitados. Sabe-se que a redução efetiva da EHNA e gordura visceral são conseguidas após um período de treinamento, ou seja, os efeitos são crônicos.
RESUMINDO
Busque orientação de um profissional registrado no CREF.
Faça exercícios físicos (aeróbicos + força) e alimente-se adequadamente.
Tenha bom senso e bons treinosAs evidências até o momento sugerem que independente da redução da massa corporal os sujeitos engajados em exercícios físicos apresentam melhora no metabolismo de gordura hepático, auxiliando dessa forma no tratamento da EHNA. Na revisão conduzida por Caldwell e Lazo (2009; Annals of Hepatology 8(1): Supplement: S60-S66) foi postulado que uma maior duração dos exercícios produz melhores respostas ao acúmulo de gordura no fígado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here