Bate Bola Abril 2015

0
304

Depois de 8 anos, São João da Boa Vista está de volta à elite do basquetebol. Neste 09/04 o time adulto masculino da cidade, com vários reforços, estreia no Paulista da 1ª Divisão em Santos.

Conhecido por seu grande potencial na luta agarrada, o casa-branquense Matheus Serafim venceu o paraense Adriano Sena no último 28/03 no MMA Max Fight 14, em Campinas, com transmissão pelo canal Combate.

O vargem-grandense Paulo Guerra é recordista brasileiro de salto em altura e recentemente foi convocado para a Seleção Brasileira Paraolímpica. O jovem atleta segue treinando visando os Jogos do RJ 2016…

O judoca Weverton Luís Vicente, de Divinolândia, no mês passado foi campeão Sub-21 da Copa São Paulo e representará o estado no Campeonato Brasileiro em Santa Catarina em abril.

Betinho Presinoti
Betinho Presinoti

S.J.Rio Pardo já foi considerada um celeiro de craques no futebol profissional. O último destaque nacional foi o árbitro Cleber Wellington Abade, que aposentou em 2012. Mas 2015 começou com Betinho Presinoti recebendo convite do técnico Dunga para ser um dos fisioterapeutas da Seleção Brasileira na excursão à Europa nos amistosos Brasil 3×1 França e Brasil 1×0 Chile.

Os rio-pardenses Edson Boaro (e seu auxiliar Luís Fernando Abichabki) e Márcio Longo Araújo deixaram, respectivamente, os comandos do São Bernardo e Bragantino no Paulistão. Boaro dirigiu o São Bernardo em 72 jogos, obtendo 28 vitórias, 22 empates e 22 derrotas. Já Márcio comandou o Braga em 5 partidas, com 3 derrotas.

José Amadeu Elvino (Adãozinho) nasceu em Caconde em 1968. Começou carreira em 1987 no Bragantino e encerrou carreira neste mesmo clube aos 40 anos. O volante se destacou no Palmeiras em 2003 e 2004. Atualmente tem uma escolinha de futebol em Bragança Paulista.

Mateus Ferraz
Mateus Ferraz

Depois de rápida passagem pelo Boa EC de Varginha no Campeonato Mineiro 2015, o zagueiro rio-pardense Matheus Ferraz foi contratado pelo Sport/PE para o Brasileirão da Série A.

“O futebol é feito de erros, pois a partida perfeita terminaria em 0 a 0”. Michel Platini, ex-jogador da seleção francesa e presidente da UEFA desde 2007.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here