Companheiros

0
332

É fato que a marca indelével do cristão é o amor ao próximo, a vivência em comunidade e a construção da fraternidade universal. Tal realidade é vivida na companhia de pessoas que, por escolha ou não, cruzam nossos dias e consecutivamente marcam nossas vidas!
A palavra companheiro, do latim, significa “cum panis” aquele com quem dividimos o pão. Ou seja, aquele que sentamos ao lado, que partilhamos sonhos, sentimentos, intimidade e nossas maiores lutas!
Muitas pessoas passaram por nossas vidas, mas, somente algumas serão nossas companhias, aquelas que estarão mais próximas de nós em variados momentos da existência.
Que irão nos acompanhar, por gratuidade e amor incondicional quando muitos nos abandonarem.
Assim, é de suma importância escolhermos bem nossas companhias.
Escolher bem quem senta a mesa de nossas vidas e para quem contamos nossos anseios. Pois companhias influem decisivamente nossa felicidade pessoal. No livro Para o dia nascer feliz, no capítulo
Dia de estar em boa companhia, o autor pondera: “(…) ninguém é tão independente e pleno que não corra o perigo de contaminar-se, com aqueles que estagiam e se comprazem na delinqüência ou na insensatez viciosa.” Cuidado com quem você divide seu pão!
Quer melhorar sua vida? Melhore suas companhias!
Cerque-se de pessoas do bem, de pessoas tementes a Deus, dos que apreciam as artes, a cultura, a ética, a educação, os nobres princípios morais e religiosos. De gente de alegria e sobretudo que não passa a vida falando da vida dos outros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here