Que venha a primavera em nossas vidas…

0
695

Há dias que temos a impressão de que chegamos ao fim do caminho. Olhamos para frente e não vislumbramos mais saída. Não há uma luz no fim do túnel, e não há também nenhuma possibilidade de volta.

Parece que todos os nossos projetos, nossos objetivos, foram levados para bem distante, e estamos sem possibilidade de alcançá-los.

Parece mesmo que o outono da existência fez com que secassem as nossas esperanças, e o vento forte do inverno varresse das nossas mãos todos os sonhos acalentados. Sentimo-nos perdidos. Não sabemos que rumo tomar. Ficamos atônitos. Sentimo-nos como uma árvore ressecada, sem folhas, sem brilho, sem motivo para viver. É a desesperança.

De repente, como acontece com a natureza, a primavera muda toda a paisagem. As árvores secas enchem-se de brotos verdes, e logo estão cobertas de folhas e flores. O tom acinzentado cede lugar às cores verdes de tonalidades mil. É a esperança.

Tudo na natureza volta a sorrir. A relva verde fica bordada de flores de variados matizes, as borboletas bailam no ar, os pássaros brindam-nos com suas sinfonias harmoniosas. Tudo é vida.

Assim, quando as flores da primavera reacendem em nosso íntimo, nossos sonhos desfeitos são substituídos por outros anseios. Nossos objetivos se modificam e o entusiasmo nos invade a alma. Sentimo-nos mais confiantes em Deus, que sempre nos dá oportunidades novas para refazermos caminhos.

A primavera deve ser uma constante em nossas vidas, com esperança de melhores dias; esperança de realizações superiores; esperança de paz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here