A inveja

0
383

Figas, plantas e superstições! Um arsenal de armas para combater o mal da inveja…  Mas será que funciona? Inveja pega? E olho gordo existe?

A inveja é um dos sete pecados capitais. É considerada assim devido a etimologia da palavra “capitais” que tem sua origem do latim “caput”, que significa cabeça ou fonte. A inveja é, portanto fonte de vários outros vícios e erros!

A inveja causa no coração uma tristeza profunda frente aos talentos e felicidades de outros. Ao invés dos dons e vitórias do próximo enriquecê-lo, o invejoso vê no sucesso do outro, motivos para a rivalidade através do despeito, ciúmes, angustia e orgulho.

Com o tempo o coração do invejoso está inflamado de raiva, sem sentido e motivos reais para tal. Então ele “cria” situações, espalha difamações e se alegra com a desgraça e com o infortúnio do invejado. É um contentamento interior alimentado pelo sofrimento de alguém. Nisso consiste o “poder” destrutivo do invejoso; destruir, desmoralizar, ofuscar e semear a discórdia. Normalmente os invejosos são inconstantes e bons de lábia!

A palavra inveja vem do latim in-videre, que significa olhar com maus olhos, com negativismo, os bens de alguém. Por isso existe a expressão supersticiosa do “olho gordo”. De fato a crença do olho gordo é um medo vão, mas o pecado da inveja não! Todo pecado leva a morte, devemos nos revestir da graça de Deus e vigiar nossas atitudes e sentimentos.

Atribuir poder ao mau olhado é falta de fé! Quem o faz condiciona-se a fazer mal a si mesmo! Mas a inveja, esta sim é maliciosa e destrutiva, faz do invejoso um lobo escondido em peles de cordeiro, porém mal sabe ele que o primeiro a ser destruído é ele mesmo!

Deus nos abençoe!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here